Anatel corrige números: base de assinantes da TV paga encolhe e fecha janeiro com 18,9 milhões



A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) retificou os números da base de usuários de TV paga no país em janeiro. A agência havia recebido dados errados da Telecom Americas (que reúne Claro e NET). Ao contrário do balanço divulgado na última quarta-feira, que mostrava crescimento, constatou-se queda, a sexta mensal seguida, na quantidade assinantes de TV no Brasil.

Assim, janeiro terminou com 18.998.412 de acessos de TV por assinatura, 51,3 mil a menos que dezembro, ou -0,27%. Nos últimos oito meses, quando este mercado entrou na trajetória de queda, foram quase 670 mil cancelamentos.
Segundo a agência houve erro da Claro ao passar os números, por isso, a necessidade da revisão dos dados,que corrigiu sua base de assinantes de 10,14 milhões para 9,87 milhões. Ao contrário de crescimento de mais de 240 mil assinantes como divulgado antes, a Claro apresentou perda de 22.228 acessos.Oi também, aumentou a base em 7.915 acessos. Todas as demais empresas perderam assinaturas. O DTH, que segundo a primeira divulgação teria crescido, na verdade apresentou retração de 67.475 clientes, a maior dentre as tecnologias usadas, isso representa 58,14% .

Os novos números não alteram as posições das companhias do setor em market share, mas teve uma pequena redução 52,64% para 51,98%. Telecom Américas segue como maior empresa, seguida de Sky  tem 5,4 milhões, evoluiu 28,10% para 28,49%, Telefônica e Oi em quantidade de usuários 1,1 milhão de 6,11% para 6,19% . A Telefônica/GVT, tem 1,7 milhão que ocupa a terceira posição, subiu de 9,28% para 9,41%.

Segundo a Anatel, No primeiro mês deste ano, o serviço estava presente em 28,41% dos domicílios brasileiros.

O serviço prestado por cabo atende 7,7 milhões (40,88% dos acessos) e ainda há resquícios do MMDS (agora 0,05%). O que cresce, devagar mas constantemente, na contramão do setor como um todo, são os acessos por fibra óptica – em janeiro eram 173 mil, ou 0,92% do total.

Confira a tabela:

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.