Discovery Civilization estreia nova série "SEGREDOS DE TAIWAN" em março



Taiwan, a Ilha Formosa, é também indomável. Cobiçada por diversos povos colonizadores ao longo dos séculos, ela permanece um capítulo à parte na história do Oriente, com profusão simbólica, riqueza cultural e natural.

A partir de quinta-feira, 3 de março, às 22h, o Discovery Civilization desvenda as faces da ilha – do paraíso selvagem ocupado por austronésios, ao gigante na produção industrial – com a série inédita SEGREDOS DE TAIWAN (Unknown Taiwan).

Dividida em seis documentários com uma hora cada, a produção investiga a cultura taiwanesa em profundidade, abordando aspectos históricos, artísticos, simbólicos e religiosos. O telespectador conhecerá  as lendas místicas de um tempo misterioso, o passado das invasões e as consequências do acelerado crescimento econômico ocorrido no século XX.

Personagens contemporâneos e nomes retirados dos livros de história conduzem a série por uma viagem no tempo. Os depoimentos dão a dimensão do contraste entre o passado e futuro na ilha onde o novo e o ancestral coabitam. No primeiro episódio, o rapper Dog G reflete sobre o espírito jovem e a contracultura locais, enquanto Shi Wen-Iong, líder do grupo orquestral Chi-Mei, conta como a cena da música erudita floresce em Tainan. 

Tainan, a antiga capital da ilha, é também conhecida como "A Cidade Fênix", foi o centro de disputas territoriais e conseguiu incorporar os costumes e tradições dos diferentes povos invasores para renascer das cinzas. Por 250 anos foi o polo financeiro e político de Taiwan, hoje transferido para Taipei.

No plano simbólico e religioso, o sincretismo é marcante. A série reúne imagens que mostram referências diversas, bases do rico legado cultural compostos por rituais místicos ligados às civilizações que um dia habitaram a ilha, festivais populares, ritos cristãos e cerimônias que remontam os ensinamentos de Confúcio.

A riqueza dos monumentos históricos, templos e construções também faz parte da série: o forte holandês, o Templo das Cinco Concubinas e os labirintos desativados da mina de ouro Jinguashi são alguns dos locais visitados pelas câmeras, enquanto as histórias guardadas por suas paredes são narradas.

Separada da China logos após a revolução de 1949 e a queda de Chiang Kai-shek, Taiwan passou a funcionar como um Estado independente sob o comando de Kai-shek. A China Nacionalista, como também foi chamada, continua, entretanto, sem reconhecimento da soberania. 

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.