Na próxima semana, Canal Universal exibe Chicago Crossover



O Canal Universal exibe no dia 8 de fevereiro, segunda-feira, a partir das 22h, o Chicago Crossover, exibição especial em que os episódios das séries Chicago Fire, Chicago P.D. e Chicago Med se entrelaçarão. A série Chicago P.D. volta a exibir episódios inéditos neste dia com a apresentação do décimo inédito da terceira temporada, que irá ao ar junto do décimo episódio da quarta temporada de Chicago Fire e do quinto episódio da primeira temporada de Chicago Med.

Às 22h vai ao ar o episódio "The Beating Heart" de Chicago Fire. Em seguida, o episódio "Malignant" de Chicago Med será exibido às 23h, e por fim, às 0h será apresentado o episódio "Now I’m God" de Chicago P.D.

Em "The Beating Heart" (Chicago Fire), Herrmann (David Eigenberg) pede ajuda ao ser atacado no Molly’s. Freddie (Ralph Rodriguez) tentou roubar o local sob o efeito de drogas, após conseguir um emprego no bar. Quando o bombeiro tenta impedi-lo, ele o esfaqueia. Então, após algum tempo, Dawson (Monica Raymund) e Otis (Yuri Sardarov) o encontram ensanguentado.

Cruz (Joe Minoso), então, decide colaborar com a polícia para encontrar o criminoso. Dawson acompanha o amigo na ambulância e ela e Chout (Alex Weisman) tentam ajudá-lo. No hospital, a enfermeira April (Yaya DaCosta) assume o controle e todos tentam salvar a vida de Herrmann.

Em "Malignant" (Chicago Med), Herrmann é levado para cirurgia, já que seu estado continua grave. Rhodes (Colin Donnell) toma as decisões mais rápidas possíveis para não perder o paciente. Mas a Dra. Sam (Julie Berman) diz que ele tomou as providências erradas quando o bombeiro deu entrada no hospital e que o tipo de sangue dele é raro e ele vai precisar de muitas bolsas de sangue.

Enquanto isso, Choi (Brian Tee) atende uma mulher encontrada pela equipe de bombeiros com uma sacola em sua cabeça. A equipe de Chicago P.D. está investigando se foi uma tentativa de suicídio ou assassinato.

Em "Now I’m God" (Chicago P.D), os detetives investigam a entrada de três mulheres no hospital Chicago Med. Todas estavam fazendo quimioterapia, mas nenhuma tinha câncer. Dr. Charles (Oliver Platt) suspeita que um médico está dando falsos diagnósticos e receitando remédios desnecessários para que elas morram de overdose.

Nenhuma delas possui ligação, a não ser o fato de estarem fazendo um tratamento para um câncer que elas não têm. Enquanto reúnem informações, mais uma mulher é hospitalizada e Voight (Jason Beghe) e Erin (Sophia Bush) descobrem que o médico que pode estar cometendo o crime foi o último médico que tratou a esposa do sargento antes dela morrer.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.