Proteste dá dicas como gastar menos com a TV paga; Confira!



Na revisão do orçamento familiar para conter as despesas, os gastos com TV por assinatura podem ser reduzidos com a readequação do pacote contratado. Para ajudar na escolha, a PROTESTE Associação de Consumidores disponibiliza uma calculadora em seu site como parte da campanha Aqui se Economiza.

Há por exemplo, o plano básico, o mais barato e indicado para aqueles que desejam apenas uma grade um pouco mais ampla de canais do que a oferecida pela TV aberta, tanto para o Rio de Janeiro, quanto para São Paulo. Nesse caso, o indicado é o plano Pop pré-pago da Sky, ao custo de R$ 35,90. Na comparação com o plano mais caro, o Net Fácil HD, pode se obter uma economia mensal de R$ 49,00 e no ano, de R$ 588,00.

Entre os consumidores que já usaram a calculadora, há casos de poupança anual de até R$ 1.969,20. Isto mostra que vale a pena readequar os serviços contratados conforme o perfil de uso ou a renda disponível. Ferramentas online estão sendo oferecidas pela PROTESTE na campanha Aqui se Economiza para se calcular pelo perfil de uso, quais os planos mais adequados para se gastar menos com a manutenção também de serviços de celular, cartão de crédito, conta corrente e seguro de automóvel.

Boas opções para quem quer economizar

Conforme os pacotes das principais operadoras do País (GVT, Net, Claro TV, Oi TV, Sky e Vivo TV) para três perfis de consumo nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, a calculadora aponta que na contratação de plano com uma grade de canais incluindo programas infantis, filmes e seriados, a melhor oferta é o plano Sky pré-pago Smart 12M. O plano sai por R$ 49,90 mensais e inclui 96 canais. Caso o consumidor opte pelo plano mais barato, ao invés dos mais caros (Net Essencial HD e GVT Ultra HD), pode ter uma economia mensal de R$ 60,00, totalizando R$ 720,00 no ano.


Para as demais operadoras neste perfil, os custos são: Net - Essencial HD por R$ 109,90 (fora do combo) com 139 canais; Oi TV - Oi TV Mix HD por R$ 79,90 com 159 canais (pacote Telecine grátis por 1 mês); Claro TV: Essencial Digital por R$ 89,90 (fora do combo), com 131 canais; Vivo TV: Fit HD por R$ 99,90 com 127 canais; GVT: Ultimate HD por R$ 109,90, com 59 canais. A operadora não possui planos com 96 canais.

Para quem não abre mão de um plano completo com ampla grade de canais para assistir filmes e séries, além de programações infantis e esportivas por um bom preço, as melhores opções são plano Mix HD da Oi TV por R$ 79,90, incluindo 159 canais, no Rio de Janeiro. Já em São Paulo, o plano mais econômico é o Mix HD da Claro TV por R$ 109,90 mensais, contemplando 169 canais.

Para as demais operadoras neste perfil, os custos são: Vivo TV: Premium HD por R$ 134,90 com 158 canais, GVT: Ultimate HD por R$ 149.90 com 83 canais (este é o maior plano oferecido pela operadora) e Sky: HD + HBO Max HD por R$ 169,90 com 150 canais.

Caso o consumidor do Rio de Janeiro opte pelo plano mais barato, pode ter uma economia mensal de R$ 90,00; ou seja, uma economia de R$ 1.080 ao ano em relação ao plano mais caro (Sky: HD + HBO Max HD). Já para São Paulo, essa economia é de R$ 60,00 mensais e R$ 720,00 anuais.

Para aqueles que não estão dispostos a pagar o elevado preço dos pacotes de TV por assinatura e buscam determinadas programações, há diversos serviços como Netflix, Looke e Vivo Play que cobram mensalidades e Crackle, que tem conteúdos gratuitos. Eles oferecem catálogos online e podem ser vistos a qualquer momento, basta estar conectado à internet.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.