TV paga piora cumprimento de metas de qualidade em 2015, impactada por metas de cobrança



Os serviços prestados pelas operadoras de TV por assinatura em 2015 cumpriram 81,8% dos indicadores estabelecidos pela agência, enquanto em 2014 o percentual de cumprimento chegou a 84,3%, conforme relatório divulgado pela Anatel nesta terça, 29. As metas relativas a cobrança tiveram o pior resultado.

Considerando os indicadores das 10 maiores prestadoras no primeiro semestre de 2015, o percentual de cumprimento de metas do serviço alcançou 78,0%. Esse patamar ficou abaixo do verificado durante o ano de 2014 (84,3%).

A Vivo teve o menor resultado no ano, com 41,7% dos indicadores cumpridos, desempenho muito pior do que o registrado em 2014, quando atendeu a 61,1% das metas. A GVT, do mesmo grupo econômico, também teve um resultado ruim, de 52,8% dos indicadores cumpridos, mesmo assim foi melhor do que o anotado um ano antes, de 51,7%.

A Oi cumpriu 57,6% dos indicadores em 2015, resultado menor que o obtido no ano anterior, de 63,2%. A qualidade do serviço prestado pela Sky/DirecTV também recuou de 87,7% para 72,4% entre 2014 e 2015, assim como a Claro/NET/Embratel, que teve queda no cumprimento das metas de 81,3% para 77,2% no mesmo período. A Algar também reduziu o atendimento das metas de qualidade do serviço, de 85,4% para 78,8% na mesma comparação.Já a Cabo Telecom apresentou proporcionalmente o maior percentual de cumprimento com 96,6% .

Operadores menores como a Cabo, Blue, Multiplay e Nossa TV obtiveram índices de atendimento acima de 90%, melhorando os percentuais alcançados em 2014. As prestadoras de TV paga precisam atender a 12 indicadores de qualidade, conforme exigência da Anatel.

Confira o ranking e tabalas:


Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.