Maggie é presa na volta dos inéditos de Chicago Med



O Canal Universal exibe no dia 2 de maio, segunda-feira, às 23h, o 12º episódio inédito da série Chicago Med, que conta com a participação especial de Nora Dunn (Segurando as Pontas).

No episódio "Guilty", os médicos recebem um garoto suspeito de dirigir bêbado, ele bateu o carro e acabou dentro da sala de uma casa, que acabou gerando um incêndio devido ao combustível. Um segundo homem, policial, é atendido em seguida, pois inalou muita fumaça no local.

A policial que acompanhava os dois feridos tenta impedir que o motorista entre em cirurgia, pois quer que ele faça o exame que comprova se ele estava bêbado. No entanto, Dr. Rhodes (Colin Donnell) diz que o paciente não pode esperar e o garoto não autoriza o procedimento. 

A policial não se dá por vencida e Maggie (Marlyne Barrett) lembra que eles estão em um hospital e não colocarão a vida do paciente em risco por causa de um assunto policial. Então, enfurecida, pois seu parceiro poderia ter morrido, a policial leva a enfermeira presa por obstrução da justiça.

Enquanto isso, Will (Nick Gehlfuss) é treinado por Peter (Marc Grapey) e Sharon (S. Epatha Merkerson) para o julgamento do médico. Mas Sharon recebe uma ligação do Distrito 21, de Chicago P.D., dizendo que ainda estão segurando Maggie na delegacia e precisa sair correndo. Por isso, April (Yaya DaCosta) precisa cobrir a enfermeira e fica receosa por não ter certeza se está pronta para executar suas obrigações e coordenar os atendimentos.

De repente, uma mãe entra no hospital gritando e pedindo ajuda com seu bebê no colo e, então, a Dra. Natalie (Torrey DeVitto) a atende enquanto April tenta acalmar a mãe da criança.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.