Canal BIS estreia terceira temporada da série ‘Cena Londres’



As paradas de sucesso e as músicas que estão fazendo a cabeça, e os ouvidos, dos londrinos chegam ao BIS em junho. No dia 03, às 19h, o canal estreia a terceira temporada de “Cena Londres”.

Em 13 episódios, a série continua trazendo ao público os shows de bandas e cantores já consagrados ou que estão despontando no cenário musical britânico.

“Cada banda que gravamos é diferente da outra. Nenhum episódio de Cena Londres é igual, em qualquer temporada. A cena musical londrina não para nunca. São bandas de todas as partes da Europa, um monte de gente pensando e fazendo música. Uma boa novidade a cada semana é o que está por vir”, explica Marcia Leite, diretora do programa e sócia da Fina Flor Filmes.

Entre os artistas retratados estão Black Mountain, Balkan Beat Box, Clan of Xymox, Adam Green, We are Scientists, Block Party, Rosie Lowe, Lamb, Duke Spirit, Peaches entre outros.

“Todos os episódios são imperdíveis porque é o conjunto deles que forma a ‘Cena Londres’. Adorei especialmente a energia do Balkan Beat Box, uma banda de Israel baseada em Nova York, que faz um som gypsy punk eletrônico. Fiquei encantada com a Rosie Lowe, que já nasceu musa, tem 26 anos, compõe e produz. Temos também a volta em grande estilo da Peaches, com shows esgotados em questões de horas. E ainda tem Bloc Party, Black Mountain, muita coisa bacana”, adianta.

No primeiro episódio, o programa registra a banda Bloc Party, que lança seu quinto álbum com novos membros no grupo. Famosos por guitarras distorcidas, Bloc Party incorpora, cada vez mais, baladas eletrônicas em suas músicas. 

Com o programa chegando em sua terceira temporada, Marcia lembra o que a motivou a iniciar o projeto encabeçado pela Fina Flor Filmes, produtora que tem em parceria com a atriz Maria Flor.

“Sou apaixonada por música, sempre interessada no que está surgindo, no que estão pensando e compondo. Desde a década de 80, costumo ir a Londres todos os anos para ver e ouvir. Pensei que seria lindo mostrar um pouco do que vejo para todo mundo. Mostrar essa cena variada, essa efervescência de ideias e também alguns artistas que permanecem ou voltam aos palcos, sempre com o recorte da música alternativa e independente. Lá atrás apresentei a ideia para o Guilherme Zattar (diretor do canal) e o Christian Machado (diretor de conteúdo), do BIS, e eles toparam na hora. Foi muito legal”, finaliza.


Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.