Canal Viva - Destaques da programação de 16 a 22 de maio



Conheça os destaques da programação do Canal Viva de 16 a 22 de maio.

Segunda-feira 16/05

Escolinha do Professor Raimundo
Horário alternativo:quarta-feira, dia 18 de maio, às 22h30


A aula mal começa e Seu Boneco (Lug de Paula) já pede para sair mais cedo, porque tem um compromisso. Professor Raimundo (Chico Anysio) acha estranho e pergunta se a esposa do aluno sabe do tal encontro. “É com a minha mãe”, diz Seu Boneco aos risos. Em homenagem à participação do Brasil na Copa do Mundo de 1994, época em que o episódio foi ao ar na Globo, ele mostra um divertido vídeo que gravou pelo país, cantando gritos de guerra como “Ê, ô, ê, ô, o Brasil é o terror” e “Não é mole, não. O Brasil é tetracampeão”.

Na vez de Seu Peru (Orlando Drummond), o aluno afirma, com a irreverência de sempre, que Simón Bolívar, na verdade, era Simone. A turma cai na gargalhada com as histórias que Seu Peru conta para convencer o mestre de que Bolívar era homossexual.

A aula traz ainda participações como as dos personagens Armando Volta (David Pinheiro), Nerso da Capitinga (Pedro Bismarck) e Costinha (Lírio Mário da Costa).

Terça-feira 17/05

Sandy & Junior
Horário alternativo: quarta-feira, dia 18 de maio, às 8h30


No episódio “Pelos Poderes de Freud”, Beth (Karina Dohme) está empenhada em um trabalho da faculdade de psicologia, e conta com a ajuda de Junior para desvendar a relação entre fãs e artistas. O músico cai na gargalhada durante a entrevista, já que a amiga tem teorias curiosas sobre o assunto.

Enquanto isso, Sandy precisa lidar com a obsessão cômica de Nico (André Cursino). Encantado pela moça, ele sua frio e se desconecta do mundo real quando está diante dela. Durante um acesso de raiva, por não saber como se controlar na frente de sua musa, Nico é amparado por Beth. A menina dá uma de terapeuta e aconselha o rapaz a se declarar para quem mexe com seu coração. Ela só não imagina que a tal pessoa seja Sandy. Vem confusão por ai…

SAI DE BAIXO
terça-feira, dia 17 de maio, às 21h
Horários alternativos: quinta-feira, 19 de maio, na faixa das 21h30; e domingo, 22 de maio, às 23h30

No episódio “A Obra do Malandro”, Sirene (Cláudia Rodrigues) precisa faltar o trabalho e é Magda (Marisa Orth) que assume as tarefas domésticas no Largo do Arouche. A nova doméstica descobre uma goteira na cozinha, e logo avisa à família.

Quando Cassandra (Aracy Balabanian) sabe, imediatamente pede para que Pereira (Ary Fontoura) arrume um pedreiro. E ele faz isso em um instante, já que tomou chá de catuaba e não vê a hora de aprontar loucuras na cama com sua esposa. Mas o pedreiro que chega ao apartamento é Chulapa (Evandro Mesquita), um fugitivo da cadeia que, antes de ser preso, prestou um serviço para Vavá (Luis Gustavo) e aproveitou para esconder uma caixa de dinheiro na parede.

Quarta-feira 18/05

FAMÍLIA DINOSSAUROS
quarta-feira, dia 18 de maio, às 11h
Horário alternativo: quarta-feira, dia 18 de maio, na faixa das 3h30

Após um ano sem nome, chegou a hora de Dino e Fran levarem Baby a um sábio na “Caverna do Destino”. Mas quando o caçula da família Da Silva Sauro é batizado, o responsável pela escolha de seu nome passa mal e solta a frase: “Ai, ai, estou morrendo, seu idiota!”. É assim que Baby fica registrado. Mas o falecimento do sábio traz mais confusão por aí…

O cargo do morto está vago e Sr. Richfield quer disputá-lo com alguém com quem não precise se preocupar. Entre seus funcionários, elege Dino para ser seu rival.

Sábado 21/05

GUERRA E PAZ
sábado, dia 21 de maio, às 16h15

Em “Os Belos e As Feras”, Tony Tijuana (Marcos Pasquim), o herói dos livros de Bárbara (Danielle Winits), está de férias quando, subitamente, é informado de sua nova missão: cercar a projetista italiana de foguetes Dalila Alabastro (Danielle Winits).

Fora do mundo policial, a editora Valquíria (Daniele Valente) fica indignada porque, pela primeira vez, Bárbara atrasa a entrega de um livro. Enquanto isso, na delegacia de Marta Rocha (Betty Lago), um novo crime agita os investigadores. Embora não tenha sido nomeado para essa missão, Pedro Guerra (Marcos Pasquim), a pedido de Bárbara, resolve investigar a morte de um homem cujo corpo aparece em um canal. Para desvendar o mistério, os dois bancam um casal e dividem uma casa no condomínio onde aconteceu o crime.

‘GENTE INOCENTE’ HOMENAGEIA RENATO ARAGÃO
 sábado, dia 21 de maio, às 17h
 Horário alternativo: domingo, dia 22 de maio, na faixa das 11h


No “Gente Inocente” deste sábado, dia 21 de maio, às 17h, Márcio Garcia e o elenco infantil do programa recebem Renato Aragão. Exibido em 2000, o programa homenageou os quarenta anos de um dos personagens mais lendários da carreira do humorista: Didi.

Pedro Lucas começa a entrevista perguntando sobre a filha de Renato, Lívian Aragão. O convidado derrete-se: “Olha, foi a maior alegria que tive nesses últimos tempos. Para mim, parece que eu estou nascendo outra vez.”. Renato fez questão de mostrar a menina, que estava na plateia, com a mãe, Lílian Taranto. Na época, Lívian tinha apenas um ano de idade.

“Você pensou em desistir da carreira quando Mussum e Zacarias faleceram?”, perguntou Natalia Soutto, referindo-se aos ex-companheiros de Didi no icônico “Os Trapalhões”. Emocionado, Renato responde: “Quando eles se foram, não queria fazer mais nada. Para mim, eles tinham cumprido a missão deles aqui na Terra. Acho que eles são insubstituíveis. Então, fiquei parado um tempo, refletindo. Mas, como não podemos ficar viúvo o tempo todo, tive que recomeçar minha vida.”. O convidado ainda comenta que sente falta dos amigos “em qualquer momento”.

Em seguida, Henrique Ramiro quer saber qual emoção Renato sentiu ao beijar as mãos do Cristo Redentor. “Aquilo era um propósito que eu tinha desde que saí da minha terra (Ceará). Sempre tive vontade de fazer aquilo, mas achava que era impossível. Fiquei em êxtase! Naquele dia, parecia que eu não pisava no chão.”. A lembrança do entrevistado é ilustrada com imagens, em vídeo, de sua visita, em 1991, ao Cristo Redentor, um dos principais cartões-postais do Rio de Janeiro.

Durante o bate-papo, Renato ainda revela como surgiu o nome do personagem Didi e como foi parar no Rio. “Eu achava que o Ceará era melhor que aqui. Ainda acho! No Ceará tem rio, mas no Rio não tem Ceará”, brinca.

Domingo 22/05

FIM DE SEMANA COM ESPECIAL ROBERTO CARLOS
sábado, dia 21 de maio, às 22h
Horários alternativos: domingo, dia 22 de maio, na faixa das 20h; e sábado, 28 de maio, na faixa das 20h

A homenagem aos 75 anos de Roberto Carlos continua neste fim de semana. No sábado, às 22h, o canal relembra o Especial de Fim de Ano de 1993 de Roberto Carlos. O Theatro Municipal de São Paulo recebeu o evento, que teve início com Roberto Carlos entrando no palco dirigindo um Cadillac vermelho. Com direção de Jorge Fernando, o programa ganhou cenários dinâmicos e iluminação teatral. Um dos destaques da edição foi o Rei, Wanderléa e Erasmo Carlos cantando um pout-pourri em homenagem à Jovem Guarda: “Festa de Arromba”/ “Pare o Casamento”/ “Minha fama de mau”/ “Parei na contramão”/ “Prova de fogo”/  “O Calhambeque”.

Chico Buarque marcou sua estreia nos especiais de Roberto Carlos e, juntos, cantaram “O Que Será”. Já Maria Bethânia emocionou o público com “As Canções que Você Fez pra Mim” e “Fera Ferida”. O programa também destacou as participações de Leandro & Leonardo e Sandy & Junior. A segunda dupla tirou o público do chão com o hit “Splish Splash”.

Da plateia, uma pessoa roubava a cena: era uma fã do Rei, enlouquecida, que interrompia o show a todo o momento. Na verdade, tudo não passava de uma brincadeira, protagonizada por Regina Casé. A atriz divertiu o público e chegou a subir no palco para cantar com Roberto Carlos.

No domingo, às 18h30, é a vez da exibição do filme “Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa”. Na produção, lançada em 1968, além do Rei, Erasmo Carlos e Wanderléa também interpretam eles mesmos. O trio está no Japão, quando “Ternurinha”, apelido carinhoso da cantora, resolve comprar uma estatueta de uma loja de antiguidades. Eles só não imaginam que o objeto guarda segredos e mistérios: o mapa de um tesouro. Começa uma corajosa caçada, permeada por hits que marcaram gerações.

OS NORMAIS
domingo, dia 22 de maio, à 0h30

Preocupado com os sintomas da depressão citados numa revista, Rui (Luiz Fernando Guimarães) acorda Vani (Fernanda Torres). Segundo ele, a companheira é uma depressiva clássica. E não é que ela apresenta sérias características de uma maníaca depressiva? De início, ela chega a relutar e não aceita o comentário de Rui. Só pensa em voltar a dormir. A situação do episódio “Sonho de uma Noite de Serão” muda quando a campainha toca: Maristela (Graziella Moretto) e Bernardo (Selton Mello) estão com o mesmo sintoma, e com a tal revista nas mãos. Vani desaba e acaba encarando a triste realidade.

Rui vai fazer de tudo para tentar alegrar o trio e acaba apelando para uma garrafa de vodca escondida no congelador. Só tem um problema: Vani não pode tomar vodca, pois fica completamente louca. Pior ainda, se resolve engolir alguns antidepressivos junto com a bebida.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.