BBC Earth exibe o especial "O Mundo Maravilhoso do Sangue"


Especial destaca as propriedades do sangue humano. (Divulgado)
O corpo humano é capaz de diversas maravilhas, mas o sangue, em particular, exerce fascínio nas pessoas. Com isto em mente, o médico Michael Mosley (apresentador de várias produções da BBC, como Trust me I’m A Doctor) coletou meio litro de seu próprio sangue para testá-lo. As experiências dentro e fora de seu próprio corpo transformaram-se no especial The Wonderful World of Blood (O Mundo Maravilhoso do Sangue) que vai ao ar no canal BBC Earth quarta-feira, 20 de julho, às 19h15, com reapresentação no mesmo dia à meia-noite e 52 (madrugada de quarta para quinta) na quinta-feira, dia 21, às 11h45.

No programa, Dr. Mosley analisa os efeitos do ar rarefeito na oxigenação sanguínea, e suas possíveis aplicações na melhora da performance física. Também mapeia os quase 100 mil quilômetros de artérias e veias de seu corpo, submetendo-se a uma ressonância magnética de alta precisão.

O apresentador também pratica rafting para analisar as defesas do sangue em situações de altos níveis de estresse e, em um momento inédito na televisão, prepara black pudding – uma receita inglesa de chouriço – com um ingrediente especial: seu próprio sangue.  
De Drácula à pesquisa científica e ao facelift

Mosley também estuda o processo de coagulação, colocando uma amostra do seu próprio sangue à prova de fortes toxinas presentes em veneno de cobra. A partir deste ponto, o médico explora a crença do potencial de cura que por séculos girou em torno do sangue. Durante sua investigação, ele experimenta um tratamento de beleza a base de sangue humano conhecido como “facelift de vampiros”, que promete reverter sinais de envelhecimento da pele.

Entre os entrevistados, também se encontra o cientista Dr. Saul Villeda, da Universidade da Califórnia, que pesquisa os benefícios do sangue jovem e das células-tronco, estudando assim um possível resquício de verdade no mito do Drácula – o rejuvenescimento através do sangue - e suas prováveis ramificações no tratamento do mal de Alzheimer. 

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.