Em meio a crise, audiência da TV paga cresceu 57% em cinco anos


Mesmo com retração de assinantes, audiência ds canais pagos cresceu 57% em 5 anos. (Reprodução)
Mesmo em tempo de grave crise, já que teve uma perda de assinantes e parou de crescer, o mercado de TV por assinatura ainda tenta mostrar otimismo.

Segundo dados Ibope divulgados pela Associação Brasileira de TV por Assinatura e publicados pelo jornalista Ricardo Feltrin, desde 2010 para cá, a audiência média da TV por assinatura cresceu 57%.

Já o consumo de canais pagos - ou seja, o tempo de permanência do público na TV por assinatura - cresceu de 3 horas e 10 minutos em 2010 para 4 horas e 59 minutos em 2016.

Por fim, em junho, a média de telespectadores por minuto da TV paga foi a maior da história do serviço desde sua chegada, em 1990, com 2,2 milhões de telespectadores em todo o Brasil.

Porém, vale lembrar que algumas metas não foram batidas. Chegar aos 20 milhões de assinantes ainda não foi possível para o mercado. Atualmente, pouco menos de 30% dos brasileiros tem acesso ao serviço.

Outra meta foi fazer com que a queda de assinantes estancasse. Ainda não deu, apesar dela ter diminuído. Até o início do ano, a TV paga perdia cerca de 100 mil assinantes por mês.

Os dados refletem a preferência de um seleto grupo de telespectadores nas quinze principais metrópoles do Brasil que tem seus dados medidos pelo Ibope.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.