GNT exibe o especial com Bela Gil e Jamie Oliver



Estrelas do GNT, Jamie Oliver e Bela Gil se juntaram para gravar um programa especial para o canal. A missão de Bela foi apresentar ao chef britânico o que tem de melhor na culinária brasileira, mostrando um pouquinho das tradições nacionais e o sabor de cada região do país. Durante a gravação, em uma casa no Sumaré, Zona Oeste de São Paulo, Oliver experimentou uma cachaça da região Norte, a moqueca do Nordeste, o bolinho de feijoada do Sudeste, a farofa de pinhão do Sul e o biscoito de baru e babaçu do Centro-Oeste. A atração será exibida no domingo, dia 31 julho, às 20h, no GNT.

No “Especial Bela Gil e Jamie Oliver”, o chef declara seu amor pela moqueca brasileira - coincidentemente um dos pratos escolhidos por Bela, que preparou uma versão vegetariana. “Adoro o Jamie. Ele sempre foi uma fonte de inspiração para mim. Ele é bem dinâmico, divertido, e não somente pelos ideais e o ativismo dele, mas por muitas razões. Acho que a culinária dele e a minha estão se aproximando cada vez mais”, conta a apresentadora do ’Bela Cozinha’.

O especial vai mostrar as paixões que os dois defensores da alimentação saudável têm em comum. Bela falará do panorama da cultura alimentar no Brasil e Jamie vai explicar o conceito de seu projeto Food Revolution. “O açúcar e refrigerante são deliciosos e saborosos, mas também são pegadinhas. Eles não ajudam na hidratação, não deviam estar nas casas e nas escolas. Esses alimentos são vazios, desnecessários e cheios de calorias. Nós precisamos de uma revolução”, afirma o Chef, que é conhecido por ser ativista da educação alimentar nas escolas e líder do movimento global que pretende promover o debate e inspirar mudanças significativas na relação das pessoas com a comida.

Ainda no episódio, Jamie experimenta pinhão pela primeira vez e fica impressionado com o gosto da cachaça de Jambú. A bebida conquistou o britânico, que até levou uma garrafa para casa. O inglês também teve oportunidade de conhecer o dendê, um dos ingredientes favoritos da Bela. Ele defendeu o estilo da especialista em alimentação saudável e afirmou que gostaria de levar as técnicas dela para a Europa. “Nós temos estilos de cozinhar muito parecidos e, definitivamente, queremos que os vegetais sejam os heróis. E eles merecem ser, não é mesmo? ”, concluiu.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.