HISTORY revive batalhas da 1ª Guerra Mundial por outro ângulo


History estreia "Nossa Guerra Mundial". (Divulgação)
Em três episódios, a série dramática Nossa Guerra Mundial, que estreia no HISTORY no dia 16/7 ás 21h, revela as experiências quase sempre ocultas e quase sempre chocantes das tropas que estiveram na linha de frente da Primeira Guerra Mundial (1914-1918), de acordo com os próprios soldados que as vivenciaram.

De forma dinâmica, autêntica e emocionante, Nossa Guerra Mundial capta a realidade dos combates e narra a extraordinária bravura dos jovens que lutaram há 100 anos. A produção dá vida às batalhas por meio de um trabalho imersivo de câmeras e de um estilo de filmagem semelhante aos documentários.

A série é baseada em documentos pessoais, testemunhos de quem viveu as batalhas, cartas e gravações de áudio originais. Entre os registros, histórias de relações pessoais e de laços de amizade construídos durante o conflito.

No episódio de estreia, O primeiro dia, a série promove uma imersão nas experiências vividas pelas tropas britânicas que serviram na linha de frente durante a Primeira Guerra Mundial. Em agosto de 1914, duas semanas após a guerra ser declarada, 80 mil soldados britânicos chegaram ao sul da Bélgica, e entre eles, os Royal Fusiliers, com alguns dos melhores atiradores da tropa.

Em seguida, às 21h45, no episódio Amigos, soldados do exército britânico são dizimados e amigos se unem formando novos batalhões, conhecidos como 'Pals' (Amigos). Logo, um deles descobre que a vizinhança inteira se alistou no novo batalhão, inclusive o chefe da fábrica local, agora um sargento, e uma amiga, que se tornou enfermeira voluntária.

No terceiro e último episódio, Máquina de guerra, às 22h40, após quatro anos de combate, os britânicos inventam uma nova arma para acabar com o impasse. Sob o comando do tenente Mould, o tanque Mark V entra em operação.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.