Canal Mais Globosat estreia nova série inédita "Dois lados de um conflito"


Nova série do canal Mais Globosat "Dois Lados de um Conflito". (Divulgação)
A oficial de polícia Shelley Raguan (Magi Azarzar) é responsável pela investigação de imigrantes ilegais que fogem da África para a cidade de Eilat, no sul de Israel. Devotada ao trabalho, ela se vê numa situação atípica. O corpo de sua irmã gêmea, Maya, declarada morta há 17 anos, é encontrado intacto. Numa trama que mescla questões geopolíticas e relações humanas conflituosas, a série israelense “Dois lados de um conflito” (“Sirens”). A trama ultrarrealista retrata a tensão entre Israel e Palestina, e foi gravada em 2014, justamente quando eclodiram ataques na Faixa de Gaza. Vencedora de seis Ophir Awards (a versão israelense do Oscar) e aclamada pela crítica, estreia no Mais Globosat no dia 3 de setembro, às 21h30.

A série traz alguns diferenciais em sua abordagem sobre esse tema: aproxima o público dos personagens do Hamas (principal organização fundamentalista Palestina), e faz uso maciço do idioma árabe. Um dos criadores, Avi Issacharoff,  é um jornalista israelense especializado nesse conflito. Por sete anos foi correspondente do Haaretz, o impresso mais antigo de Israel, e hoje é colunista do The Times of Israel.

“Dois lados de um conflito” retrata a operação de uma unidade de inteligência israelense que tem por objetivo capturar Abu Ahmed (Hiatham Suleiman) , um notável (e fictício) terrorista do Hamas. Ele agiu despercebido por muito tempo, já que havia sido dado como morto 18 anos antes. A ação é comandada por Doron, comandante de uma Mista’arvim – uma equipe que atua infiltrada na Palestina. O papel é encenado por Lior Raz, co-criador da série.

Maya havia desaparecido anos antes e dada como morta por um suposto afogamento no Sinai. Mas o corpo imaculado levanta hipóteses sobre o que teria acontecido com ela durante esse tempo. Em sua investigação, Shelley descobre peculiaridades sobre a cidade de Eilat, um verdadeiro espaço de transição entre dois mundos, e residência de inúmeros refugiados.

O premiado ator Sasson Gabai – vencedor do prêmio de melhor ator no European Film Awards pelo longa “A banda” (Israel, 2007​)​

​ ​– é Uzi, o pai de Shelley. Os dois embarcam numa perigosa encruzilhada para desvendar o mistério da morte que assombra a família. A policial é proibida de participar da averiguação oficial, então passa a contar com a ajuda de Roee (Roy Nik), um novo investigador que se junta à unidade.

Dirigido por Adam Sanderson, o drama policial é uma criação do próprio com Shachar Magen e produzido pela July August Productions. Em Israel, foi exibido pela rede de TV Hot.

Exibida em Israel pela rede de TV YES, “Dois lados de um conflito” está renovada para uma segunda temporada, prevista para 2017.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.