Luiz Carlos Saldanha ganha perfil na série ‘Luz e Sombra – Fotógrafos do Cinema Brasileiro’



A série do canal Curta!Luz e Sombra - Fotógrafos do Cinema Brasileiro” chega ao segundo episódio destacando o trabalho de Luiz Carlos Saldanha: ator, continuísta, assistente de direção, diretor de fotografia, entre outras tantas funções exercidas durante a vida profissional. Em “Luiz Carlos Saldanha – O Invencionista”, de Betse de Paula e de Jacques Cheuiche, no ar dia 17 ás 10h30, o público vai conhecer um pouco da história deste profissional que participou de produções importantes como “Cinco Vezes Favela” (1961), longa que marcou a chegada do Cinema Novo; “Os Doces Bárbaros” (Jom Tob Azulay) e “Imagens do Inconsciente” (Leon Hirszman), entre outros.  Em depoimento no episódio, ele afirma: “Não acho que eu seja um membro do cinemão. Eu gosto do cinema de invenção”.

Codiretor de “Raoni” - junto de Jean-Pierre Dutilleux -, filme que foi narrado por Marlon Brando, participou do Oscar em 1979 e foi apresentado em Cannes, Luiz Carlos Saldanha explica que seu trabalho à frente do longa não lhe rendeu o reconhecimento esperado: “Eu sou o mentor desse filme. Ele saiu da minha cabeça e fui eu que fiz a cabeça do Jean Pierre. O filme foi lançado em Cannes e fez um estardalhaço. Todos achavam que eu deveria ser reconhecido mas o que se criou foi uma inveja, um rechaço da praça contra esse feito: um filme brasileiro feito por um brasileiro só”.

No dia 18 a partir das 20h,  Íntimo e musical é o tema do “A Vida É Curta!” da semana e traz a estreia de “Tim Maia”, de Flavio Tambellini. Entre suas apresentações, o cantor fala sobre a carreira e a vida pessoal. Na sequência, vai ao ar “Bethânia Bem de Perto – A Propósito De Um Show”, produção de Eduardo Escorel e Julio Bressane, que traz a primeira apresentação da cantora no Rio de Janeiro, na boate Cangaceiro, com cenas de seu cotidiano intercalando o material e participações de Anecy Rocha, Wanda Sá, Rosinha de Valença, Silvinha Teles, Jards Macalé e outros. Para encerrar, o programa apresenta “Conversa de Botequim”, documentário sobre João da Baiana e sua relação com as raízes do samba.

Na Quinta do Pensamento, 18 ás 11h05, o premiado escritor Leonardo Padura ganha a cena na série “Impressões do Mundo”. Jornalista e crítico literário, o cubano também foi reconhecido como ensaísta, roteirista e autor de novelas. Com obras traduzidas em alemão, italiano e português, conquistou o Prêmio Nacional de Literatura Cubana, Café Gijón, Prêmio Dashiell Hammett e o Prêmio Princesa das Astúrias pelo conjunto de sua obra.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.