Mais Globosat reestreia série israelense "Prisioneiros de Guerra" neste domingo


Mais Globosat reestreia série israelense. (Divulgação)
Antes que “Homeland” se tornasse um sucesso mundial retratando conflitos com o mundo árabe, a TV israelense apresentava “Prisioneiros de Guerra” (“Hatufim”). A trama, criada por Gideon Raff, inspirou o hit norte-americano retratando a libertação de soldados mantidos em cativeiro no Líbano. Vencedora do Israeli Academy Award for Television na categoria melhor série de drama, a série chega à TV brasileira. E volta esse domingo, 4 de setembro, às 21h30, ao Mais Globosat. O canal exibirá as duas temporadas da atração em sequência.

Tudo começa quando dois soldados israelenses são libertados do cativeiro depois de anos de negociação. Nimrod Klein (Yoram Toledano) e Uri Zach (Ishai Golan) são mandados vivos junto com os restos mortais de Amiel Ben-Horin. O primeiro encontra dificuldades em se readaptar à rotina familiar, com sua mulher e dois filhos. Já o segundo encontra uma vida radicalmente transformada: a esposa se encontra casada com o irmão dele, e os dois já têm um filho.

Além de lidar com a vida familiar interrompida, precisam enfrentar os traumas remanescentes do isolamento e das sucessivas torturas. No momento em que passam por avaliações psiquiátricas obrigatórias, eles deixam escapar discrepâncias em suas versões. Uma investigação, comandada por Gal Zaid (Haim Cohen), tem por objetivo desvendar o que a dupla está escondendo.

A primeira temporada foi ao ar originalmente em 2010, e a segunda, em 2012. Uma terceira leva de episódios foi aprovada, mas segue sem previsão de lançamento.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.