HISTORY – Destaques da programação de 12 a 18 de setembro



Conheça os destaques da programação do canal HISTORY de 12 a 18 de setembro. O canal traz as grandes estreias de Templários e A Rebelião dos Bárbaros. Todos os episódios das duas produções serão exibidos de 12 a 15/9.

O canal também exibe o documentário nacional Utopia e Barbárie e episódios inéditos de a Garagem de Jay Leno e Trato Feito.

12/9, segunda-feira, 21h

Jay Leno passeia pela Califórnia para saber mais sobre a cultura automotiva local

Sob o comando do próprio Jay Leno, o lendário comediante e ex-apresentador do Tonight Show, A Garagem de Jay Leno (Jay Leno’s Garage) (imagem) mostrará uma das maiores coleções de automóveis e motocicletas dos Estados Unidos. Além de abordar a mecânica, as histórias por trás de cada item do colecionador e a nostalgia para quem viu esses tesouros sobre rodas circularem pelas ruas, a nova série agradará em cheio aqueles que se encantam com essas raridades.

O novo programa se reunirá às demais séries de sucesso do HISTORY dedicas ao tema, como Louco Por Carros, Top Gear e Boys Toys.

Esta primeira temporada de oito episódios, com uma hora de duração cada, mostrará verdadeiros clássicos do automobilismo, supercarros, projetos de restauração, testes na estrada, curiosidades e como funciona o disputado mercado de colecionadores.

Em cada edição, Jay Leno recebe convidados especiais e celebridades de Hollywood que, assim como ele, são apaixonados por automóveis e suas histórias. Entre eles, na primeira temporada estão os atores Keanu Reeves, Laurence Fishburne e Tim Allen; o premiado diretor de cinema Francis Ford Coppola, o comediante Jeff Dunham e o seis vezes campeão da copa NASCAR, Jimmy Johnson.

No episódio desta segunda, Carros da Califórnia, Jay dirige pelas ruas da Califórnia para descobrir o significado da cultura dos carros no estado. Ele participa de um passeio com um dos clubes de motocicletas mais antigos do país, visita locais esquecidos na Rota Ridge, e dá uma olhada no cofre secreto do Petersen Automotive Museum, conhecendo a cultura que reflete e modela a paisagem local.

ESTREIA - 12/9, segunda-feira, 21h45

HISTORY desvela os Cavaleiros Templários em nova série original

Vestidos com uma túnica branca com uma cruz vermelha no peito, os Cavaleiros Templários formavam uma ordem religiosa e militar criada para proteger a vida dos cristãos que peregrinavam a Jerusalém, na Idade Média.  Militarmente eram reconhecidos entre os melhores guerreiros que fizeram parte das Cruzadas. Seu poder e seu tamanho cresceram rapidamente, chegando a ter um contingente de 15 mil homens, despertando uma série de desconfianças e especulações. Após a erradicação da Ordem do Templo pelo Papa Clemente V, em 1312, as lendas e mitos sobre esses monges não pararam de crescer, criando uma profunda curiosidade até os dias atuais.

De 12 a 15 de setembro, o HISTORY exibe sua nova série original Templários (imagens), levando para a TV de forma magistral a história da Ordem do Templo na Península Ibérica durante a Primeira e a Segunda Cruzada. Em seis episódios, o telespectador será transportado para suas origens e para os acontecimentos que, ao final do século XI e começo do XII, criaram uma nova forma de pensar e impulsionaram a proliferação de um novo modelo: os monges guerreiros.

A série se concentra especialmente na influencia da Ordem na criação de Portugal, bem como nas primeiras Cruzadas, e no impacto que provocaram numa Península Ibérica mergulhada em plena Reconquista. Templários abordará as grandes batalhas e perseguições que deram fama à Ordem, a origem de muitos de seus mitos, a busca pelo conhecimento, a luz e os segredos mais obscuros do Templo. Com a ajuda de importantes especialistas, historiadores e reconhecidos romancistas, a série mostra como era a mentalidade daquela época e o que movia e motivava os Cavaleiros Templários.

No episódio de estreia, Por sua culpa, no final do século XI, a fria Europa entra em convulsão. O fanatismo religioso e as profecias sobre o final dos tempos provocam um surto de violência sem precedentes. Milhares de crentes buscam a salvação se alistando na Cruzada contra o inimigo muçulmano. Recuperar os Locais Sagrados de Jerusalém torna-se uma obsessão.

13/9, terça, 21h45 – No episódio intitulado Nove, no ano de 1118 os Cruzados conquistaram Jerusalém e o novo reino cristão na Terra Santa se prepara para o contra-ataque do Islã. As tropas que defendem a cidade são realmente escassas e os peregrinos que vêm visitar os Locais Sagrados são atacados sem piedade.

14/9, quarta-feira, 21h – Para que não se esqueça, é o ano 1134, e a Península Ibérica está em plena Reconquista. Depois de ter vencido 26 vezes os almorávidas, Alfonso I, rei de Aragão, já é conhecido como "o Guerreiro". Hoje ele enfrenta sua última batalha. No leito de morte, ele doa todos os bens de seu reino à Ordem dos Templários. Em seguida, em Batalha de Ourique, em 1139 o jovem Alfonso Henriques comanda uma batalha que invade o território muçulmano. Surpreendidos por um forte contingente árabe, os guerreiros tratam de salvar suas vidas entre as florestas repletas de inimigos.

15/9, quinta-feira, 21h – Em Campus Stellae, Gualdim Pais, com apenas 20 anos, participou na famosa batalha de Ourique. Criado como escudeiro de D. Afonso Henriques, sua habilidade com as armas fez com que o rei, emocionado, o nomeasse cavaleiro no próprio campo de batalha. No último episódio, O santo Graal, apenas um dos nove cavaleiros originais permanece vivo. Gualdim Pais vai conhecê-lo durante o cerco à cidade de Gaza. Ninguém consegue explicar por que o Grão-Mestre da Ordem dos Templários ordena que Gualdim volte para Portugal e consolide, a qualquer custo, as posições do Templo neste novo reino.

ESTREIA - 12/9, segunda-feira, 22h40

A Rebelião dos Bárbaros chega ao HISTORY para acabar com a tirania do Império Romano

A superprodução de oito episódios A Rebelião dos Bárbaros (Barbarians Rising) (imagens) mostra os 700 anos da luta dos bárbaros para alcançar a liberdade contra Roma, o império mais poderoso que o mundo havia conhecido até então. Com foco nos personagens históricos Aníbal, Espártaco, Átila, Boadicea e Armínio, a série recria batalhas lendárias, apresentando uma nova perspectiva, dedicada à geração contemporânea de telespectadores.

O Império Romano os chamava de “bárbaros” devido ao seu estilo de vida, brutal e violento. Não à toa, esses povos eram os guerreiros mais ferozes da História – homens e mulheres que se negaram a se submeter a uma opressão implacável, dando início a uma saga épica de resistência que marcou o começo da queda de Roma e deu forma ao mundo que estava por vir.

Durante os oito episódios, que o HISTORY exibe de 12 a 15/9 (dois episódios por dia), a Rebelião dos Bárbaros mostrará a história desses grandes guerreiros, como Aníbal, que aos 9 anos de idade fez um juramento de sangue para destruir Roma; Espártaco, o escravo que rebelou e liderou um levante de bárbaros; Boadicea, a rainha guerreira celta; Armínio, o filho roubado da Alemanha; Átila, o flagelo do Oriente; e também de outros grupos de luta como os godos, um povo violento e aterrorizado pelo Império Romano, os vândalos e os assaltantes que deram o golpe final em Roma.

O elenco de A Rebelião dos Bárbaros inclui Nicholas Pinnock (Capitão América: O Primeiro Vingador) como Aníbal; Ben Batt (Amor Extremo) como Espártaco; Kirsty Mitchell (The Royal Today) como Boadicea; Tom Hopper (Merlin) como Armínio; Emil Hostina (Harry Potter e As Relíquias da Morte, partes 1 e 2) como Átila, o flagelo de Deus; Gavin Drea (What Richard Did) como Alarico, o rei dos godos; Steven Waddington (O Jogo da Imitação) como Fritigerno; Richard Brake (Game of Thrones) como Genserico; e Jefferson Hall (Vikings) como Viriato, o pastor que se converteu em um líder rebelde.

No episódio de estreia, Resistência, a batalha pela supremacia começa quando o mundo antigo se divide em dois: romanos versus bárbaros. Aníbal constrói a primeira grande aliança junto aos bárbaros para enfrentar Roma. O general põe em marcha uma campanha ousada e sem precedentes para atacar o coração da República, conquistando os Alpes e deixando um rastro de morte por toda a Itália em direção à capital. Mas enquanto Aníbal ganha batalhas, perde a guerra.

Na sequência, em Frente de combate, na antiga Hispânia, Roma busca vingança contra as tribos bárbaras que lutaram ao lado de Aníbal em sua campanha malsucedida para derrotar a República. O governador Galba massacra os lusitanos, uma tribo celta do Oeste da Ibéria, e quase aniquila toda a população. Os sobreviventes vivem como refugiados em sua própria terra. Mas os bárbaros utilizam o conhecimento do terreno a seu favor, decididos a continuar a luta, enquanto Vetillius lança uma perseguição em grande escala para localizar o líder rebelde. Os dois lados se encontram na floresta de Tribola em um choque fatal. 

13/9, terça-feira, 22h40 – Em Rebelião, Roma governa o Mediterrâneo com mãos de ferro e embarca em uma estratégia de dominação por meio da expansão, conquistando e escravizando os bárbaros a cada novo território conquistado. Porém, quanto mais cresce, mais inimigos traz para dentro de suas fronteiras. Enquanto isso, um vasto exército bárbaro está em estado latente à espera que um líder se levante. Espártaco, um escravo bárbaro que é obrigado a lutar como gladiador, se torna seu comandante e a maior ameaça do século para Roma.

Em seguida, em Linhagem, a República se torna um Império e segue uma política de romanização destinada a educar os bárbaros. No entanto, Augusto César, o primeiro imperador, está cego aos inimigos crescentes dentro das próprias fileiras de Roma. Armínio, um germano, filho de um chefe bárbaro, se rende a Roma e se torna um dos oficiais bárbaros no mais alto escalão do exército imperial, mas quando é enviado à sua terra natal para acabar com uma rebelião em curso entre sua própria gente, tem de decidir de que lado fica sua lealdade. A batalha da floresta de Teutoburgo trouxe uma vitória devastadora sobre o Império.   

14/9, quarta-feira, 22h40 – No quinto episódio, Primogenitura, a resistência bárbara aumenta durante os confrontos com o Império em uma questão de vida ou morte. As tribos germânicas se unem pela primeira vez sob um único líder, Armínio, que cria uma emboscada engenhosa, elaborada para conduzir Roma para fora de sua terra natal. O Império precisa se expandir para sobreviver e mira a fortaleza bárbara de Britânia, mas os celtas lutam contra esta invasão com uma ferocidade sem igual.

No episódio Vingança, Boadicea tenta vencer Roma em seu próprio jogo selvagem em uma das rebeliões mais sangrentas da história. Séculos de guerras difíceis contra os bárbaros têm efeito sobre o Império, pondo fim à época da expansão. No entanto, uma ameaça sombria crescente e perigosa vinda do Leste deixa a fronteira romana no caos. Os godos buscam refúgio nos braços do inimigo, Roma, mas encontram apenas traição, e um erro de cálculo fatal por parte do Império marca o começo do apocalipse em Adrianópolis.

15/9, quinta-feira, 22h40 - Em Retrocesso, o Império Romano se torna a primeira superpotência do mundo, mas cresceu tanto que é agora mais um ponto fraco do que uma superioridade, e o custo de manter os bárbaros na baía são altos. Roma se divide em dois impérios, Oriente e Ocidente, cada um com seu imperador. Alarico conduz seu povo às portas de Roma, realizando o primeiro de uma série de ataques mortais contra o poder imperial. Os bárbaros se movem passo a passo para impedir o avanço da expansão romana.

No oitavo e último episódio, Ruína, os hunos surgem do Oriente e lançam o mundo antigo no caos. Átila toma o poder e inicia um reinado de destruição, com uma investida após a outra, lutando em muitas frentes. Em meio ao caos, Genserico, o último grande líder bárbaro e rei do cálculo e da astúcia dos vândalos, se torna o arquiteto da destruição de Roma.

17/9, sábado, 17h30

Filme de Silvio Tendler examina movimentos sociais pelo mundo e sua relação com as ditaduras militares da América Latina

Neste sábado, às 17h30, o HISTORY exibe a produção brasileira Utopia e Barbárie (imagem), no estilo documentário e road movie histórico, que percorreu 15 países (França, Itália, Espanha, Canadá, EUA, Cuba, Vietnã, Israel, Palestina, Argentina, Chile, México, Uruguai, Venezuela e Brasil) em busca de testemunhas das história do século XX, particularmente de movimentos sociais.

O filme faz uma relação entre os movimentos libertários e de resistência da América Latina com acontecimentos em outras partes do mundo, de forma a construir um memorando histórico: dos genocídios cometidos pelo regime nacional-socialista ao realizado pelo Khmer Rouge; do golpe de Estado liderado pela CIA no Irã em 1953 à guerra argelina de libertação; e dos protestos estudantis de 1968 aos eventos na América Latina. Por meio de entrevistas com testemunhas da época, arquivo de filmagens e fotografias antigas, o documentarista Sílvio Tendler destaca o desaparecimento, prisões arbitrárias, torturas e assassinatos de milhares de pessoas, durante a Operação Condor no Chile, Argentina e Brasil. Ao todo, a produção levou 19 anos para ser concluída.

18/9, domingo, 20h

Dinheiro antigo e uma câmera Zeiss estão entre os itens raros que chegam à loja, nos episódios inéditos de Trato Feito

Trato Feito (Pawn Stars) é a série que nos ajuda a pôr preço na história. Não é apenas um programa sobre barganhas, muito menos sobre a compra de objetos comuns, pois ele acontece no maior e mais importante local de penhores de Las Vegas, em uma loja que já está há três gerações com a família Harrison. A grande quantidade de elementos históricos que passa por ali diariamente é cuidadosamente analisada e avaliada, sempre de forma surpreendente.

No primeiro episódio de hoje, Negociação do mal, um animatrônico japonês dos três macacos sábios do "não fale o mal, não veja o mal, não ouça o mal" transita pela loja. E Rick se sente enganado quando uma gravura do caso de amor de Glenn Ford e Marilyn Monroe aparece pela segunda vez. E, mais tarde, com uma nota chinesa Kuan da Dinastia Ming nas mãos, será que Rick vai fazer negócio?

Em seguida, em Negociação titânica, meio dólar de prata de 1906 que pertencia a um passageiro do Titanic aparece na loja. Depois, surge a primeira edição do "O Estranho Caso do Doutor Jekyll e o Senhor Hyde". E ainda, uma câmera Zeiss de 16mm de 1936 e um altímetro do avião de Howard Hughes deixam Rick muito empolgado.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.