HISTORY estreia nova série 'Sobreviver Para Contar', que acompanha tropas em missões


Nova série 'Sobreviver Para contar'. (Divulgação)
No dia 6, ás 21h, o HISTORY estreia Sobreviver Para Contar (Live To Tell), docussérie em oito episódios, de uma hora de duração cada, e que apresenta ao telespectador uma visão pessoal, intimista e reveladora sobre as missões contemporâneas das Forças de Operações Especiais dos Estados Unidos, na guerra contra o terrorismo. A produção inédita acompanha os soldados enquanto revelam missões secretas perigosíssimas e atos heroicos, por meio de recriações de alta qualidade e narrativas documentais.

Desde 2001, as Forças de Operações Especiais têm combatido o terrorismo, na que continua sendo a guerra mais longa da história estadunidense. Nos últimos 15 anos, os oficiais têm arriscando suas vidas pelo seu país e por outras vidas. Sobreviver Para Contar é um retrato angustiante e impactante dos triunfos e sacrifícios que essas forças especiais têm enfrentado nos campos de batalha do Afeganistão e Iraque. Cada episódio traz narração em primeira pessoa, imagens originais de arquivo e sequências cinemáticas, oferecendo uma perspectiva visceral da experiência humana na guerra.

A série recria histórias reais de operações especiais, missões de resgate e emboscadas vividas pelas tropas. Por meio de entrevistas e recriações dramáticas, essas histórias de coragem são apresentadas de forma intimista, conferindo um olhar humano aos triunfos e tragédias do campo de batalha moderno. Para esses soldados destemidos, os detalhes de seus atos extraordinários de bravura sob algumas das circunstâncias mais desafiadoras são, em sua maioria, desconhecidos. Agora, recontados pelos próprios combatentes, os telespectadores conhecerão em detalhes suas histórias corajosas - como a missão foi executada, as batalhas, sucessos, e o que significa ser um herói norte-americano.

O episódio de estreia, Batalha pela represa de Hadita, se passa no Iraque, em 2003. Na luta pelo controle da represa de Hadita – um local estrategicamente importante na Operação Liberdade do Iraque, um grupo de soldados americanos percebe que está em desvantagem em relação ao número de soldados iraquianos. Durante a luta, a habilidade de um jovem médico é testada quando precisa salvar a vida de um colega do grupo.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.