Programa "Saia Justa" desembarca em Fortaleza para edição "Saia Justa Por Aí"


Palco do "Saia Justa Por Aí" chega a Fortaleza. (Divulgação)
As apresentadoras do Saia Justa, Astrid Fontenelle, Barbara Gancia, Maria Ribeiro e Mônica Martelli, estão prontas para desembarcar na capital do Ceará. No dia 29 de setembro, às 20h, as quatro se apresentam no teatro do Shopping RioMar Fortaleza, em Papicu, para mais uma edição do “Saia Justa Por Aí”, que tem como objetivo levar o programa para diferentes regiões do Brasil. 

A gravação será única e o programa será exibido no dia 05 de outubro, às 22h. O objetivo do GNT com o projeto é levar para a audiência brasileira as nuances, características e pautas representativas de uma região, além de aproximar-se ainda mais do público daquela cidade. “O nosso intuito é estar mais perto do público e representar a mulher brasileira de uma forma cada vez mais ampla, respeitando toda a singularidade presente nas diversas regiões do país”, afirma Mariana Novaes, Gerente de Marketing do GNT.

No primeiro bloco, por exemplo, as Saias recebem como convidado do sofá o cineasta Halder Gomes, diretor do filme ‘Shaolin do Sertão’, que mostra o jeito peculiar de falar de quem vive no Ceará. Os assuntos em pauta giram em torno de temas sociais, como o preconceito contra nordestinos no Sudeste e a caricatura nordestina no humor e nas novelas. E como os jovens tentam minimizar o sotaque, visto como algo antigo. “Para entender ainda mais as nuances regionais, durante a preparação do programa, ouvimos alguns influenciadores locais para entender assuntos de interesse na região e levantar temas para esse nosso encontro especial com o público de Fortaleza”, completa Mariana Novaes.

Na sequência, o episódio discute a gordofobia e como a obsessão pelo corpo perfeito parece ser menor no Nordeste, onde as praias estão cheias de “corpos reais”. Além disso, estudos mostram que a população está se reproduzindo menos a as projeções de número de nascimentos por mulher vem caindo no mundo, inclusive no Brasil. No quarto e último bloco, o cantor Falcão esquenta a discussão sobre traição, partindo da perspectiva das músicas nordestinas de ‘sofrência’, e figuras lendárias cearenses que fazem piada constante de corno.

A primeira edição do “Saia Justa Por Ai”, que começou em Porto Alegre, foi sucesso de público, com mais de 13 mil inscritos. Está previsto ainda para novembro deste ano uma edição em Brasília.  O “Saia Justa” está presente na grade do canal desde 2002 e segue com a formação atual desde março de 2013.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.