Clarovideo tem mais de 12 milhões de assinantes de vídeos no Brasil, afirma América Móvil


Somando o Clarovideo tem mais de 12 milhões de assinantes. (Divulgação)
O presidente da América Móvil, José Félix, afirmou que hoje a Net (operadora de cabo do grupo) é a "empresa que mais tem fibra ótica no Brasil". Segundo Félix, ninguém tem a quantidade de fibra que a Net tem. "Uma coisa é marketing e outra é quem faz, e isso você vê pelos resultados. A rede da Net é a maior rede de fibra ótica porque usamos uma tecnologia em que a fibra vai avançando na medida em que a quantidade de casas demanda velocidade, por isso a nossa tecnologia é vencedora. Para dentro da casa não tem nada melhor do que o wifi e o cabo coaxial. Vamos seguindo (com a fibra)". Segundo ele, a operadora tem algumas casas conectadas com fibra ótica porque foi demandado, "mas nunca anteciparemos investimento inútil, criaremos uma complexidade excessiva para instalar na casa das pessoas e nem teremos capacidade ociosa. Tudo vai ser feito ao seu tempo. Quando a tecnologia (de fibra) dentro da casa for estável e consolidada, provavelmente a gente já estará lá.

Empresa digital

Ainda segundo Félix, há uma confusão enorme sobre o que é uma empresa digital. "Daquilo que hoje mais se aproxima de uma empresa digital, nós como grupo temos tudo. Temos, entre os vários sistemas do que se chama de video-on-demand, somado Net, Claro DTH e Clarovideo no celular, mais de 12 milhões de conexões. Não tem para ninguém. Não tem Netflix nem ninguém que se aproxime disso". Segundo Félix, hoje 6,5 milhões de celulares tem pacote do Clarovideo Light. O Clarovídeo é um serviço de VOD pago do grupo, que complementa a oferta linear e do serviço Now. Segundo dados da Anatel, o grupo tem nas plataformas de TV por assinatura tradicionais (cabo e DTH) cerca de 10 milhões de clientes.

Ao ser questionado se a Net estaria sentindo a perda de assinantes de TV paga para concorrentes over-the-top, Félix reage: "Sempre perguntam se a gente vai ser destruído… Não vamos ser destruídos coisa nenhuma. Eu acho que esses caras (Netflix) são mais concorrentes de uma HBO, Telecine e Globosat do que da gente", diz ele.

Net 100% OTT

Para o executivo, a Net já está preparada para enfrentar uma eventual concorrência no modelo over-the-top. "Se alguém desligar (a Net) eu viro uma chave e transformo a Net inteira em OTT. Vocês acham que a gente está parado, mas a gente está fazendo enquanto tem gente falando. Você vê pelos resultados. Veja quem tem mais televisão, banda larga…

Em relação a mudar a forma de relacionamento com o cliente e adotar a mesma proposta das empresas de Internet, ele diz que o mundo digital está desenhado e é conhecido, mas que o duro é fazer a migração. "Estamos trabalhando dia e noite para fazer isso, mas isso virá no tempo certo. Não adianta criar uma expectativa de que vai ser digital e não fazer. As empresas de telecomunicações ficaram preocupadas em criar a conectividade, o 3G, o 4G. É difícil ter um monte de coisa para fazer e fazer outra coisa, principalmente se essa outra coisa ainda não existe, está sendo criada, as pecinhas estão sendo montadas". Segundo ele, o importante é que no backoffice tem dezenas de pessoas preparando para isso. "Não vai mudar o produto, que vai continuar sendo TV, banda larga, a maior mudança é na forma como se relaciona com o produto.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.