Neste domingo Pedro Bial recebe Bárbara Paz em seu programa no GNT



Bárbara Paz é a convidada do “Programa com Bial” deste domingo (30), às 20h, no GNT. Com 42 anos recém completados, a atriz conta que comemorou o aniversário adubando uma árvore com as cinzas do marido, o diretor Héctor Babenco. “Foi uma passagem muito difícil, porque ele era um tigre, nunca quis morrer e amava a vida. Sempre que estava à beira da morte, um filme vinha e salvava ele”.

A atriz acredita que Héctor ficaria feliz com o rumo que a vida dela está tomando. “Sei que ele iria gostar de me ver assim, trabalhando e seguindo a vida porque ele não gostava de me ver chorando e dizia que já bastava um deprimido na casa”, conta Bárbara, que afirma que teve uma vida muito feliz e descobriu o verdadeiro amor com o marido.

A convidada fala ainda sobre o documentário que está fazendo sobre o diretor: “Vai ser um filme muito pessoal, porque ele quis ser filmado e tinha uma urgência nisso. Eu queria mostrar com meus olhos esse homem que tanto amei. Só que o filme se transformou, porque não era para ele ir embora agora”, afirma.

Em 2001, Bárbara foi lançada ao grande público no primeiro reality show brasileiro, “A Casa dos Artistas”, do SBT. “Estava toda ferrada de grana e levei um susto de ter ficado tão conhecida. Quando saí do programa fiquei assustada com os paparazzis”,conta. Segundo a atriz, ela precisou esperar dez anos para ser reconhecida pela carreira e não pelo programa da emissora de Sílvio Santos.

A jovem Renata, que sofria de anorexia alcoólica, da novela "Viver a Vida", deu a ela os primeiros passos rumo ao estrelato. “A dramaturgia da Globo é maravilhosa, todo ator quer trabalhar lá e precisa passar por boas mãos. Lá consegui entender um novo ofício da profissão. O personagem deu certo e tudo mudou”, afirma.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.