Em inédito episódio de Law & Order: SVU, os detetives investigam abuso sexual em atleta


Abuso sexual é a tema do próximo episódio. (Divulgação)
O Canal Universal exibe no dia 8 de novembro, terça-feira, às 22h05, o quarto episódio da 18ª temporada de Law & Order: SVU, que conta com a participação especial de Jordan Baker (A Outra Terra). 

Em "Heightened Emotions", a irmã de Amanda (Kelli Giddish), Kim Rollins (Lindsay Pulsipher), sai da prisão e acaba ficando na casa da detetive, já que não tem outro lugar para morar. Amanda conta para Olivia (Mariska Hargitay) e a tenente a alerta, dizendo que, caso Kim arrume qualquer problema, ela terá que tirar o seu distintivo. 

Os detetives começam a investigar o caso de Jenna Miller (Brit Morgan), encontrada por dois policiais na rua, bêbada e com vários machucados. No hospital, ela conta a Amanda e Olivia que foi abusada sexualmente por um homem que conheceu no bar de um hotel. 

Os detetives vão até o local e conversam com o garçom. Ele conta que Jenna costuma ir ao bar, mas nunca paga nada do que consome por estar sempre acompanhada por outros homens. Carisi (Peter Scanavino) pergunta se o acompanhante de Jenna usou o cartão de crédito para pagar as bebidas e consegue localizá-lo. 

Michael Wheeler conta aos detetives que não abusou sexualmente de Jenna, pois ela trabalha como prostituta. Então, Amanda e Olivia vão à casa da vítima para perguntar se é verdade e a vítima confessa que faz alguns programas às vezes por gostar de ter a atenção de outros homens. Porém, ela confirma que Wheeler foi extremamente violento e a forçou a fazer coisas que ela não queria. 

Em seguida, o marido de Jenna, Chad Miller (David Alpay) interrompe a conversa para contar aos detetives que Jenna não poderia testemunhar pois iria estragar sua campanha para os próximos Jogos Olímpicos, já que a esposa é atleta e pratica salto com vara. 

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.