TLC estreia nova série "Uma Questão de Gênero" na próxima terça


Nova série trata as questões envolvendo o gênero. (Divulgação)
Aiyana, Chloe, Jaimie, Kassidy, Macy e Robyn são amigas unidas por um forte vínculo surgido a partir de trajetórias com uma importante semelhança: todas elas são mulheres transgênero que falam abertamente às câmeras do TLC sobre suas experiências – os depoimentos e rotinas das seis compõem a nova série UMA QUESTÃO DE GÊNERO (New Girls On The Block).

Com estreia na terça-feira, 15 de novembro, às 23h, os episódios de  uma hora participam da discussão sobre gênero e diversidade com abordagem íntima e sensível – por meio dos relatos e vidas dessas seis mulheres. Elas contam e compartilham seus desafios individuais, narram como perceberam que eram transgênero e revelam a luta para se libertarem do medo e para vencerem diariamente o preconceito.

As seis se conheceram há alguns anos, por intermédio de um terapeuta especializado no aconselhamento a pessoas transgênero. Ficaram amigas durante as sessões de grupo e, desde então, se ajudam mutuamente no processo de transição, fazendo encontros periódicos e contando em que estágio estão em suas caminhadas individuais.

O episódio de estreia de UMA QUESTÃO DE GÊNERO começa com um desses encontros. Durante a reunião, elas decidem que farão uma festa para celebrar a cirurgia de mudança de sexo de Macy. Nascida com o nome de Ken, Macy percebeu ser transgênero ainda na adolescência, mas quis suprimir a necessidade de ver a si mesma como mulher.

“Somos mulheres nascidas em corpos masculinos. O debate sobre a transição muitas vezes é reduzido à genitália, quando estamos falando de pessoas, de vidas, de seres humanos”, diz Macy.  Ela foi casada como homem por cinco anos. Agora, se prepara para a cirurgia e conta com a ajuda da esposa, Sharon, para escolher o vestido da festa. Junto há nove anos,  o casal tem a difícil tarefa de contar aos familiares de Sharon que seu marido Ken agora é mulher e que as duas permanecerão casadas.

Ainda no primeiro episódio, Robyn conta como conheceu Andrew, seu namorado: há  sete anos, ele o contratou – Robyn ainda não tinha feito a transição – e os dois se tornaram melhores amigos. Robyn lutou contra a depressão e há três anos fez a transição. Andrew quis manter os limites da amizade, mas logo se apaixonou por Robyn. Agora, Robyn acha que está na hora de irem um passo além no relacionamento e morarem juntos; já Andrew pensa que é preciso esperar um pouco mais e teme a reação de sua própria família ao relacionamento com uma mulher transgênero.

Jaimie também sentiu que era transgênero desde muito cedo, ainda na infância. Achou que a disciplina do exército ia ajuda-lo e se alistou aos 17 anos. Foram anos difíceis que só puderam ficar para trás com o apoio total da mãe, Debbie. Hoje, Jamie tem um relacionamento com Aiyana há dois anos e meio. Ambas já realizaram a cirurgia para mudança de sexo e incentivam Macy.  Jaimie sempre foi atleta e enfrenta preconceito para participar de uma prova de triátlon na categoria feminina – Jamie precisará se esforçar para “educar” os organizadores sobre os direitos de uma mulher transgênero.

Finalizando o episódio de estreia, as seis se encontram na festa de Macy e Sharon faz uma declaração comovente a sua companheira.

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.