Header Ads

Discovery estreia a nova série "Resgate no Everest"


Nova série "Resgate no Everest". (Imagem/Divulgação)
Para salvar vidas, os protagonistas de RESGATE NO EVEREST (Everest Rescue)  arriscam as suas próprias vasculhando uma das regiões mais perigosas e instáveis do planeta em busca de pessoas em apuros.

A partir de quarta-feira, 22 de fevereiro, às 23h10, o Discovery coloca o telespectador no centro da ação durante missões reais de resgate assumidas por seis pilotos especializados em busca e salvamento com a estreia RESGATE NO EVEREST.  Em seis episódios de uma hora, a série apresenta os dramas da profissão que consiste, por definição, no desfio aos limites: das aeronaves, dos recursos, da altitude e da fisiologia humana.

O trabalho de Siddartha, Jason, Lorenz, Surendra, Ryan e Ananda é sobrevoar o entorno do Everest, onde o ar é rarefeito e as condições climáticas dificultosas, atendendo a chamados de emergência. O objetivo é encontrar alpinistas, guias ou moradores de comunidades isoladas que precisam de atendimento de urgência. Durante os salvamentos, os próprios pilotos estão sujeitos a imensos riscos, da hipotermia a acidentes com as aeronaves; poucos deles previsíveis.

Atos de heroísmo, coragem e reverência à natureza implacável surgem durante os resgates captados por lentes que seguem os pilotos durante todo o processo. A série vai ao aeroporto de Lukla, a Catmandu, às casas dos protagonistas, e a pontos de pouso localizados além dos seis mil metros de altitude para documentar histórias de vida ou morte, encontros críticos entre as trajetórias de socorristas e pessoas que têm no resgate aéreo a única chance de sobrevivência.

Depoimentos dos pilotos e seus familiares fornecem a perspectiva individual, a dimensão íntima de um ofício cuja rotina depende de equilíbrio entre urgência e perícia para decisões em circunstâncias nas quais qualquer erro pode ser fatal.

Junto aos guias locais, os sherpas, pilotos de resgate são coadjuvantes das conquistas de alpistas que chegam ao topo do Everest. A série foi gravada ao longo de três meses, um ano após o terremoto que atingiu o Nepal em 2015 – o tremor causou milhares de mortes, 22 delas ocorridas em virtude de avalanche no Everest.

Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.