Header Ads

ABTA diz em comunicado que as operadoras querem "restabelecer" canais abertos na TV paga


ABTA e Operadoras de TV paga emitem comunicado sobre tirada do Simba. (Imagem/Reprodução)
A Associação Brasileira de TVs por Assinatura (ABTA) divulgou nota nesta quinta-feira dia 30, na imprensa a respeito do corte dos sinais de Record, SBT e RedeTV! das operadoras NET-Claro e Sky.  As operadoras também divulgaram mesma nota em sua redes sociais. 

Segundo a entidade, por meio de sua assessoria, “as empresas  seguirão negociando para que você continue com todos os canais da TV aberta”.

Leia abaixo a íntegra da nota:

“O sinal analógico das emissoras de TV aberta foi desligado desde o início do dia de hoje na capital e região metropolitana de São Paulo, conforme cronograma estabelecido pelo Governo Federal. Em relação a isso, as empresas de TV por assinatura esclarecem:

Até esse desligamento, nos termos da Lei 12.485/11, os canais analógicos eram obrigatoriamente liberados para as empresas de TV por assinatura, que, por sua vez, eram obrigadas a distribuir tais sinais sem qualquer ônus para os seus clientes;

Após o desligamento do sinal analógico, a lei determina a livre negociação entre as partes. As empresas de TV por assinatura já têm acordo com a maioria dos canais de TV aberta sem qualquer ônus para seus assinantes.

Em relação aos canais Record, RedeTV! e SBT, ainda não há um acordo estabelecido. Em razão disso, essas emissoras solicitaram que os sinais de seus canais fossem suspensos nas TVs por assinatura.

Nossas associadas, operadoras de TV por assinatura, desejam restabelecer a transmissão desses canais e seguem buscando um acordo com essas emissoras de forma a não onerar os seus assinantes.

Nosso compromisso é com você, assinante! As empresas de TV por assinatura seguirão negociando para que você continue com todos os canais da TV aberta.

Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA)”

Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Imagens de tema por Ollustrator. Tecnologia do Blogger.