Header Ads

Canal Curta! estreia a série inédita "Quem se Importa"


Quem se Importa é a nova série do canal. (Imagem/Divulgação)
A série inédita Quem se Importa apresenta o trabalho de empreendedores sociais brasileiros que, por meio de suas ideias criativas, têm contribuído para melhorar a vida de pessoas e comunidades. Com estreia marcada para a sexta-feira, 24 de março, às 20 horas, a série de 13 programas de meia-hora irá ao ar semanalmente, no Canal CURTA!. A direção e o roteiro são assinados pela cineasta Mara Mourão (Doutores da Alegria – O Filme). A narração é de Wellington Nogueira (ator e palhaço, fundador do projeto Doutores da Alegria), com produção da GRIFA FILMES e MAMO FILMES, produção executiva de Fernando Dias e Mauricio Dias e produção de Tatiana Battaglia Dias. Opatrocínio é da thyssenkrupp e do BEXS BANCO DE CAMBIO S.A.. A série para a TV foi  criada a partir da bem-sucedida trajetória do filme homônimo, lançado em 2012 e vencedor de inúmeros prêmios nacionais e internacionais (DOC Miami 2012, Washington International Film Festival 2013, entre outros) e financiado através dos mecanismos de incentivo da Ancine e do Fundo Setorial do Audiovisual.

O primeiro episódio terá reapresentações sexta-feira, 24 de março, à meia-noite; e  sábado, 25 de março, às 15 horas.

Os programas da série Quem se Importa são focados em pessoas que buscam e encontram soluções em cidades das região Sudeste e Nordeste do Brasil. Cada episódio retrata o sucesso de um empreendedor social que criou uma organização inovadora capaz mudar o ambiente ao seu redor. Por meio de impactos sociais relevantes e positivos, as idéias destes personagens inspiraram políticas públicas para um mundo sustentável, mais justo e melhor. Os programas mostram o impacto das ações deles, os obstáculos que enfrentam, a felicidade com os resultados e a gratificação interior.

Participam da série: André Cervi, Alice Freitas,  Auro Danny Lescher, Bruno Tataten, Claudio Miranda, Claudio Sassaki, Daniel Morais Assunção, Eduardo Bomtempo, Eduardo Lyra, Graziela Bedoian, Karen Worcman, Lilian do Prado Silva, Luciana Chinaglia Quintão, Mariana Gauche, Mundano, Natasha Mendes, Pedro Paulo Diniz, Rachel Schettino, Roberto Kikawa, Rodrigo Alonso e Rosane Rosa.

Em comum, os projetos trabalham com iniciativas que ajudam a melhorar a qualidade de vida de jovens e adultos das áreas mais carentes. O objetivo é colaborar com todos que buscam desenvolver seu potencial, oferecendo conhecimento para capacitação profissional, cuidados com a saúde e até alimentos para os mais necessitados. Os projetos ensinam o respeito à diversidade cultural, humana e ambiental e buscam sensibilizar a sociedade com exemplos do que é possível fazer para ajudar.

 “A produção vasculha o Brasil em busca de pessoas que oferecem soluções simples para as mais graves questões que nos afetam profundamente”, afirma o produtor executivo Fernando Dias. “Esta série documental vai mostrar como os transformadores podem estar na área da educação, da saúde, do meio ambiente, dos direitos humanos, da economia, em qualquer campo. O filme transmite a mensagem de que todos nós podemos mudar o mundo, não importa em que setor estejamos, seja ele privado, governamental ou social. Qualquer pessoa pode fazer a diferença”, completa a diretora Mara Mourão.

Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.