Header Ads

Rodrigo Suricato faz homenagem a Djavan em ‘As Canções da Minha Vida’, série exclusiva do Curta!


Djavan é homenageado pelo Rodrigo Suricato. (Imagem/divulgação)
No episódio desta semana da série “As Canções da Minha Vida”, na Segunda da Música, 6, às 23h30, o cantor e compositor Rodrigo Suricato conta sua relação com a música e com canções que fazem parte de  seu repertório e de sua memória afetiva. O artista relembra o início da carreira, quando cantava em bares, à noite, e presta uma homenagem ao cantor e compositor Djavan antes de apresentar uma versão instrumental, na guitarra, de "Faltando um Pedaço".

- O Djavan é presente em 10 entre 10 artistas que tocam nos bares. Eles tocam 200 milhões de músicas do Djavan, então essa talvez seja uma homenagem, ainda que tardia. Eu ainda não consigo cantar Djavan da maneira como eu gostaria, embora eu reconheça a importância e como ele faz parte de todo o meu processo dos bares e por tudo o que eu passei – avalia Rodrigo.

Além de Djavan, Rodrigo Suricato interpreta "Um Pequeno Imprevisto", de Herbert Vianna e de  Theddy Correa e "Tempos Modernos", sucesso de Lulu Santos. Do seu repertório, Rodrigo canta "O Céu Quer Decolar" e uma versão à capela de "Quando Você Crescer".

Na Terça das Artes, 7, às 23h30, a série exclusiva do Curta!, “Estados da Arte” analisa a relação da arte contemporânea brasileira com a natureza.  No episódio inédito, entram em cena os trabalhos de Brígida Baltar e os processos geológicos de Thiago Rocha Pitta; os vínculos da arte com a biologia segundo Daniel Steegman Mangrané; o tempo, na obra de João Modé, e o afeto de Afonso Tostes pela madeira, que faz com ele leve a floresta para dentro do museu. Dirigida por Eduardo Goldenstein e produzida pela Aion Cinematográfica, “Estados da Arte” investiga, ao longo de 12 episódios, a motivação, os pensamentos e as obras de artistas contemporâneos dos mais variados estilos. A série é financiada pelo Fundo Setorial do Audiovisual (PRODAV 02/2013).

Na Quarta de Cinema, dia 8, Dia Internacional da Mulher, o Curta! reverencia, mais uma vez, a produção feminina no cinema. Pela segunda semana consecutiva a faixa “A Vida é Curta” celebra as mulheres no cinema – e que fazem cinema. A partir das 20h, o canal exibe três curtas dirigidos por mulheres e que exploram, cada um a sua maneira, três gêneros diferentes: ficção, documentário e experimental. Abrindo a faixa, “A Outra Margem”, de Nathália Tereza, conta a história de Jean, um agroboy do Centro-Oeste brasileiro que, num sábado à noite, escuta na rádio local um programa em que as pessoas deixam mensagens de amor. Na sequência, é a vez de “Olhos de Ressaca”, de Petra Costa. Vera e Gabriel estão casados há 60 anos e divagam acerca da própria história: os primeiros flertes, o nascimento dos filhos, a vida e o envelhecer e através de impressões e relatos. Para finalizar, “Vertières I, II, III”, de Louise Botkay, exibe a revisita da cineasta ao Haiti, país onde morou quando criança.

Na Quinta do Pensamento, dia 9, às 23h30, vai ao ar o primeiro episódio da série “Há Muitas Noites Na Noite”, que fala sobre o poeta Ferreira Gullar, morto em 2016. A produção é inspirada em um dos principais trabalhos de Gullar, o “Poema Sujo”, e é dirigida pelo cineasta Silvio Tendler. “Há Muitas Noites Na Noite” traça um panorama sobre o período de exílio do escritor durante a Ditadura Militar, mesclando animações, músicas, leituras, documentos e ilustrações em sete episódios.



Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.