Header Ads

Canal BIS estreia a segunda temporada de ‘Vamos Tocar’


Nova temporada de 'Vamos Tocar'. (Imagem/Divulgação)
Promover encontros inéditos entre amigos com direito a muita música e bate-papo. Esse é o objetivo do programa “Vamos Tocar”, que retorna ao Canal BIS a partir do dia 09 de abril. Comandado pelo músico, saxofonista e produtor Leo Gandelman, a segunda temporada da série reúne grandes nomes da música brasileira em clima intimista no estúdio do apresentador.

Dirigido por Pedro Von Kruger e com produção executiva de Gustavo Gama Rodrigues em parceria com o canal, a série traz Leo Gandelman abrindo sua casa no Rio de Janeiro para tocar com artistas convidados. Em um cenário aconchegante que favorece o clima intimista, o apresentador recebe, em cada episódio, um artista diferente interpretando canções de sua autoria ou de outros artistas.

Composta por dez episódios, a nova temporada reúne nomes como Elba Ramalho, Erasmo Carlos, Marcelo D2, Carlinhos Brown, Fafá de Belém, entre outros. “Através das minhas sugestões, escolhemos junto com o Canal BIS artistas muito relevantes à nossa música, amigos com quem tive a chance de interagir durante minha carreira e que merecem todo o reconhecimento e homenagens”, explica Gandelman, que participou ativamente da escolha dos artistas convidados.

Além de novos nomes, o apresentador conta que a segunda temporada ganhou outros instrumentos, além de mais experiência para criar os arranjos, feitos exclusivamente para o programa. “Temos o mesmo time de músicos, técnicos e equipe de TV, mas ganhamos mais amadurecimento e liberdade para criar novas jogadas. Trouxemos para a cena também um clarone (clarinete baixo), além de flautas e teclados, dando assim uma maior amplidão a instrumentação”, conta.

Veterano no segmento de MPB, Leo Gandelman, que está completando 30 anos de carreira, valoriza a importância dessa troca musical que acontece com os artistas durante o programa. “É um momento muito especial para todos. Acredito que estamos construindo um registro muito importante para a memória da nossa música”, finaliza.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.