Header Ads

Curta! estreia novos conteúdos nacionais, exclusivos e originais em maio


Estreias de Maio do canal Curta!. (Imagem/Divulgação)
Feminismo, música, design, filosofia, história.  Ao longo de todo o mês de maio, estreiam no Curta! séries e documentários nacionais, originais e exclusivos, que reafirmam o compromisso do canal em exibir conteúdos relacionados às humanidades, prestigiando a produção audiovisual brasileira. Um dos destaques é a estreia do documentário exclusivo "Mexeu com uma, mexeu com todas", dirigido por Sandra Werneck,  na Sexta da Sociedade, dia 5 de maio, às 22h. O grito de protesto das ruas e das redes sociais deu nome ao filme, que reúne depoimentos de mulheres, públicas e anônimas, que passaram por situações de violência. A farmacêutica Maria da Penha – que empresta o nome à lei de 2006 que criminaliza a violência contra a mulher - a nadadora Joanna Maranhão, que deu nome à Lei de 2012 que mudou o prazo de prescrição nos crimes contra dignidade sexual praticados contra crianças e adolescentes; a ex-modelo Luiza Brunet; e a escritora Clara Averbuck são algumas das mulheres que relatam suas experiências de abuso. “Mexeu com uma, mexeu com todas” é produzido pela Cineluz Produções, com financiamento pelo Fundo Setorial do Audiovisual.

Outro documentário original e exclusivo do Curta! é “Barão Vermelho: Por que a gente é assim?”, que estreia na Segunda da Música, dia 8 de maio, às 22h15. Com direção de Mini Kerti, a produção narra a trajetória de uma das principais bandas de rock do país, que está entre as precursoras do movimento que mais tarde veio a se chamar BROCK, movimento musical do rock nacional. O longa, produzido pela Conspiração Filmes em parceria com o Barão Vermelho, reúne depoimentos dos músicos que integraram as diferentes formações da banda, e revela, ainda, momentos pouco conhecidos do grande público, como a amizade entre Frejat e Cazuza, e o processo criativo dos músicos que resultaram em emblemáticas músicas, desde os anos 80. “Barão Vermelho: Por que a gente é assim?” é financiado pelo Fundo Setorial do Audiovisual.

Saindo da década de 80 e fazendo uma longa viagem até a pré-história brasileira, estreia na Sexta da Sociedade, dia 12 de maio, às 22h30, a produção original e exclusiva “Arqueologias – Em Busca dos Primeiros Brasileiros”. Ao longo de seis episódios, a série documental revela os vestígios pré-históricos do país e investiga quem teriam sido os primeiros humanos a habitar o Brasil. A produção, dirigida por Ricardo Azoury de Aguiar e produzida pela Escrevendo Filmes, busca retratar a pesquisa científica através de uma narrativa lúdica, capturada pelo olhar estético do fotógrafo.

"Designers do Brasil", que estreia na Terça das Artes, dia 30 de maio, às 23h30m, é outro destaque de maio do Curta!. Produzida pela Loma Filmes e coproduzida pela Pacto Audiovisual, a série revela a multidisciplinaridade do design brasileiro por intermédio das trajetórias dos profissionais em atuação que se destacam nas várias áreas da atividade. Composta por dez documentários de 26 minutos, “Designers do Brasil” dedica cada um de seus episódios a um designer brasileiro diferente. São eles: Antonio Bernardo, Fred Gelli, Guto Indio da Costa, Guto Requena, Heloisa Crocco, Jacqueline Terpins, Ovo (Gerson de Oliveira e Luciana Martins), Renato Imbroisi, Rico Lins e Ronaldo Fraga. A série é dirigida por DJ Dolores e tem direção de conteúdo de Adélia Borges.

Já na Quinta do Pensamento, dia 4 de maio, às 23h30, o Curta! apresenta o episódio inédito da série  “Incertezas Críticas” sobre Axel Honneth, um dos mais importantes pensadores alemães da atualidade. Autor de diversos livros, Honneth é diretor do Instituto de Pesquisa Social de Frankfurt, além de professor na Columbia University. Em seu apartamento de Nova York, ele explica alguns de seus conceitos fundamentais para compreender o mundo contemporâneo. Com direção de Daniel Augusto e produzida pela Grifa Filmes, “Incertezas Críticas” apresenta, a cada episódio, uma reflexão sobre questões relevantes do mundo contemporâneo na visão de alguns dos mais importantes intelectuais da atualidade. Ao longo desta segunda temporada, além de Axel Honneth, Jacques Rancière, Christian Boltanski, Andreas Huyssen, Antoine Compagnon, Elisabeth Roudinesco, Georges Didi-Huberman, Hal Foster, Jean-Luc Nancy, Jonathan Crary, Luc Ferry, Tzvetan Todorov e Umberto Galimberti vão refletir sobre arte, política, literatura, economia, relações internacionais, sociedade e história.

As estreias dos documentários e séries nacionais reforçam o compromisso do canal Curta! de ser mola propulsora da produção brasileira independente. Em quatro anos no ar, já são mais de 70 telefilmes e séries pré-licenciadas para primeira janela de exibição, totalizando mais de 300 horas de conteúdos originais e R$44,2 milhões investidos em produções nacionais. O investimento possibilitou ao Curta! conquistar uma audiência de 1,5 milhão de espectadores frequentes, que buscam conteúdo relevante e qualificado. 

Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.