Header Ads

Pastor diz que corte de sinal do SBT, Record e RedeTV na TV paga é coisa do diabo


Uma gravação circula na internet atacando as operadoras de TV paga. (Imagem/Reprodução)
Uma gravação que circula entre fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus atribui ao diabo o corte dos sinais da Record, SBT e RedeTV! nas principais operadoras de TV paga na Grande São Paulo, ocorrido na madrugada da última quinta-feira (30). No áudio, gravado em um ritual de exorcismo durante um culto da igreja de Edir Macedo, um pastor diz que o corte de sinal "é uma estratégia do diabo" para "você deixar de assistir novela bíblica na Record".

O material está sendo espalhado desde a última sexta em grupos no Whattapp. Trata-se de uma peça para convencer os fiéis da Universal a pressionarem as operadoras, ameaçando cancelar suas assinaturas caso elas não aceitem pagar pelos sinais digitais das três redes.

A disputa entre as TVs e as operadoras, contudo, é meramente comercial. Com o fim da TV analógica, as emissoras criaram um empresa, a Simba, para negociar seus conteúdos com a TV paga. A Simba enviou às empresas de TV por assinatura uma proposta em que pede R$ 15 pelas três redes, o equivalente ao custo de programação dos pacotes premium da HBO e Telecine, vendidos por R$ 30 mensais aos assinantes.

As operadoras resistem a pagar pelas três redes, que têm seus sinais distribuídos gratuitamente por sinal aberto. Diante do impasse, a Simba notificou Net, Sky, Oi e Claro de que elas não podem mais carregar a Record, o SBT e a RedeTV! nas cidades em que já ocorreu o apagão analógico, casos de São Paulo e Brasília.

No áudio divulgado pela Igreja Universal, um fiel se diz possuído pelo demônio. Com a voz cavernosa, como uma entidade maligna de filme de terror, informa que o diabo não está deixando os executivos de TV por assinatura pagarem pelos sinais das três redes. 

"Não estou deixando eles pagarem, não quero", fala o espírito incorporado no fiel. O pastor pergunta por quê. "Porque muitos vão ser salvos por essa programação e vão se converter", justifica.

Em seguida, o pastor explica o que está acontecendo: "Esses canais de TV por assinatura, Sky, Claro HDTV, Net, eles não querem pagar a Record, o SBT e a RedeTV! [ouve-se uma gargalhada do diabo]. Aí, todo mundo fica pensando que é coisa normal. Por quê? Quantas pessoas se entregaram a Jesus depois do filme Os Dez Mandamentos? Quantas pessoas voltaram para a igreja depois das novelas bíblicas que estão passando na Record? Aí, diabo, você gosta disso?"

"Nããooo", responde o fiel possuído.

O pastor, então, quer saber "quantos demônios estão trabalhando só pra fazer parar a TV nos canais pagos?". O fiel responde: "Milhares". O pastor prossegue: "A estratégia do diabo é essa, trabalhar na mente desses donos de operadora, Sky e Net", para não deixar a programação da igreja chegar aos telespectadores.

"Muitos vão pra Globo, muitos vão pra novela da Globo, ahahahaha", comemora o diabo. O áudio termina com um ritual para expulsar o diabo da "cabeça dos dirigentes dessas operadoras de TV paga".

Ouça o áudio completo:

Negociações

Nesta quarta-feira (5), representantes de quase todas as operadoras de TV paga (Oi TV, NET/Claro) se reuniram com executivos do Grupo Simba - do qual faz parte Record TV, SBT e RedeTV - para tratar do imbróglio em que se encontra o mercado de TV paga. Somente a SKY não quis participar da reunião, por afirmar que pagar para esses emissoras abertas está fora de cogitação. 

Apesar da reunião, as empresas envolvidas não se pronunciaram até o fechamento dessa matéria. Somente a Vivo TV, do Grupo Telefónica, permanece transmitindo os canais por ser a única que afirma estar disposta a negociar com os canais.

Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.