Header Ads

TLC estreia a segunda temporada de Os Reis de Beverly Hills

Novos episódios de 'Os Reais de Beverlly Hills'. (Imagem/Divulgação)
Desde domingo, 2 de abril, às 20h30, OS REIS DE BEVERLY HILLS (Shahs of Sunset) estão de volta ao TLC com mais vaidade, conflitos de egos, festas de arromba e excessos de todos os tipos. Os treze episódios da segunda temporada seguem no encalço de seis jovens cujas famílias vieram do Irã e hoje administram fortunas nos Estados Unidos.

Com o ímpeto da juventude e a ausência de limitações financeiras, GG, Mike, MJ, Reza, Asa e Lilly vivem e compram tudo o que desejam. Lilly é a nova integrante do grupo e é apresentada à turma no primeiro episódio da safra inédita – cliente de Reza vinda do Texas, ela quer comprar uma casa de luxo que esteja à altura de seu porte de “princesa persa”. Por afinidade, Lilly logo passa a fazer parte da comunidade iraniana de Los Angeles, um dos motivos que a fez mudar-se.

Ricos e orgulhosos de suas origens, os seis sabem como levar uma vida de celebridade no entorno de Hollywood. Das noitadas na Rodeo Drive aos tradicionais almoços persas com os familiares, os protagonistas da série equilibram as tradições iranianas e hábitos de consumo dos ricos americanos – são extremamente ligados aos símbolos de status que elegem e unidos como comunidade.

Fofocas, baladas, tardes de compras, eventos sociais, conquistas amorosas e profissionais: suas vidas parecem obedecer a outra escala, orientada pelo excesso e por grandes investimentos. Com família e amigos não poderia ser diferente: os vínculos são de honra e as brigas tendem a assumir proporções dramáticas.

Reza e Asa estão muito próximos no início da nova temporada. No primeiro episódio, Asa está prestes a mudar-se para uma mansão nova, inteiramente desenhada por ela. Na reta final do projeto, dinheiro começa a ser um problema para a artista.

A relação entre MJ e sua mãe, Vida, continua conflituosa – Vida fará um cruzeiro pela Espanha e não estará presente no aniversário da filha que, por sua vez, descreve a progenitora como autoritária. Em um almoço de família, as tensões entre as duas ficam claras e o encontro vira uma terapia em grupo.

GG vai à casa da irmã, Leila. As duas estão estruturando uma empresa de apliques capilares e os conflitos motivados pelos negócios são frequentes. Leila é responsável e trabalha desde os 14 anos; para ela, GG, aos 30 anos, teve uma só preocupação: que roupa vestir. Mike se aventura no mercado imobiliário, como corretor de imóveis de luxo, mas acha que o retorno não é compatível ao volume de trabalho.

Um jantar que reúne os seis amigos finaliza o primeiro episódio. Essa é a primeira incursão de Lilly no mundo dos persas de Beverly Hills. O clima é de reencontro e cordialidade, até que GG e seu “amigo colorido” causam desconforto – a primeira briga da temporada está armada.

Los Angeles é uma das regiões americanas que mais receberam iranianos, quando refugiados vieram aos Estados Unidos à época em que eclodiu a Revolução Fundamentalista. Ao ocidente, os protagonistas da série e seus pais vieram em busca de liberdade.  Alguns trouxeram consigo suas fortunas; outros as fizeram na América. Também em terras americanas desenvolveram a habilidade de ganhar dinheiro tão rápido quanto gastam. Enquanto conciliam as demandas de empresários e herdeiros bem-sucedidos e as tradições ancestrais de seu povo, eles dão ao telespectador uma amostra da ostentação, benesses e luxos exclusivos para OS REIS DE BEVERLY HILLS.

Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.