Header Ads

Caco Ciocler fala sobre teatro e judaísmo em série exclusiva do Curta!


Caco Ciocler é o convidado do próximo episódio. (Imagem/Divulgação)
A série “Mish Mash – A presença judaica no Brasil” apresenta a cada semana dois personagens de origem judaica, suas histórias e contribuições profissionais para o país. E, no dia 2 de junho, às 23h30, exibe episódio focado no teatro, que conta o depoimento do ator paulista Caco Ciocler. Ele relembra que descobriu sua vocação para atuar com os grupos da comunidade judaica. 

Quando estava entrando na pré-adolescência, Caco entrou em um grupo de teatro montado pelo diretor Heitor Goldflus. Aos 17 anos, fez sua primeira peça e, mesmo não sendo ator profissional, recebeu uma critica positiva publicada em uma revista de circulação nacional. Foi nessa hora que descobriu que as coisas estavam ficando sérias, mas foi mais tarde, já na universidade, que começou sua profissionalização. “Eu estava no segundo ano de engenharia e prestei a EAD, Escola de Arte Dramática. Em 1995, eu fazia duas faculdades, duas peças infantojuvenis e à noite, uma sessão da EAD. Eu me matava de trabalhar, mas eu fui indicado para prêmios nessas duas peças e ganhei, por uma delas”, conta Caco.

Ao começar a participar de Rei do Gado, sua primeira novela, o ator resolveu abandonar a faculdade de engenharia e se dedicar unicamente à atuação.

Outro personagem do episódio é o ator Germano Haiut, que vive entre o teatro, o cinema e o comércio na cidade de Recife. "Sou fruto de um povo que tem cinco mil anos de história", diz Germano. Ao longo do programa, os atores comentam como reencontraram suas raízes judaicas durante a carreira e como lidam com a cultura de seu povo.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Imagens de tema por Ollustrator. Tecnologia do Blogger.