Header Ads

No próximo episódio inédito de 'A História Bêbada – Drunk History'', fala sobre os 3 marcos históricos


Os 3 marcos é o tema do próximo episódio. (Imagem/Divulgação)
Na próxima exibição inédita de ‘A História Bêbada – Drunk History’ – segunda-feira, 8 de maio, às 23h, no Comedy Central – o comediante Rafael Marinho, o roteirista Fernando Castaño e o mágico e humorista Ben Ludmer mostram que manguaça pouca é bobagem ao recontarem três marcos históricos do nosso Brasil varonil, com aquela liberdade etílico-poética característica do programa.

Quem cursou o ensino fundamental sabe (ou deveria saber) o que foi a Inconfidência Mineira, um dos mais importantes movimentos sociais da história do Brasil, mas certamente ninguém ouviu a versão embriagada – e muito mais “detalhada” – de Rafael Marinho, depois de misturar gin tônica, cuba libre, cerveja e shots de bourbon whisky. O comediante conta como Tiradentes, no fim do século XVIII, liderou a conspiração de natureza separatista de um povo insatisfeito com a cobrança compulsiva de impostos pela coroa portuguesa.

Na sequência, Fernando Castaño também não economiza na bebedeira ao recontar a história de Zumbi dos Palmares e Dandara – pra quem quiser shippar, é casal #Zumbara – dois apaixonados que comandaram a revolta do maior quilombo do período colonial pela resistência e libertação dos escravos.

Por fim, Ben Ludmer narra a história de como a família imperial resolveu dar uma “festinha” dias antes de a monarquia cair, em homenagem a uns chilenos que estavam por aqui. Coisa pouca, para umas quatro mil pessoas. O mágico e humorista fala dos bastidores, de como o império estava todo cagado enquanto o movimento republicado ganhava força e todos os detalhes baphônicos que fizeram do Baile da Ilha fiscal a última grande festa da monarquia. Isso tudo depois de muito champanhe e cerveja, é claro.

Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.