Header Ads

Canal VIVA - Destaques da programação de 14 a 20 de Agosto


Destaques da programação Canal Viva. (Imagem/Divulgação)
Confira os destaques da programação do Canal Viva de 14 a 20 de Agosto.

ESCOLINHA DO PROFESSOR RAIMUNDO
segunda-feira, dia 14 de agosto, às 20h

Começa a aula com Seu Boneco (Lug de Paula) contando que está trabalhando em um manicômio como monitor. “Eu que faço o exame para ver se o ´doidinho´ pode, ou não, sair”. Quando chamado pelo Professor Raimundo, o Palhaço Carequinha faz uma homenagem à garotada e canta a música dos ratinhos namorando. O mestre aproveita o momento e faz um agradecimento a ele por tudo o que já fez pelas crianças.

Dona Thalia (Claudia Rodrigues) pergunta se o professor quer um beijo e o aconselha a aceitar porque a fila está grande. “O Marcelo Serrado está há 5 anos esperando”.

Encerrando a aula, o professor relembra o personagem Justo Veríssimo, de Chico Anysio Show, em 1984. “Quando eu conto, pessoal se espanta, mas eu já fui assim”.

SAI DE BAIXO
terça-feira, dia 15 de agosto, às 21h

Magda quer engravidar e Caco não quer filho de jeito nenhum. Mas para surpresa de todos, inclusive do próprio Caco, ele já tem um filho e se chama Kiko. O rapaz foi fruto de um caso que o louro teve com uma empregada há 18 anos.

Enquanto isso, Vavá e Ataíde estarão envolvidos com a Vavigilantes, o novo empreendimento de Vavá. Magda não está nada feliz com a chegada do novo morador, mas depois acaba gostando do papel de “madrasta”. Já Sirene, encantadíssima com o rapaz, achará que está grávida. Diante da anunciada gravidez, Caco e Cassandra pensam até em se jogar do prédio só de pensar na hipótese de parentesco com a doméstica Sirene.

A DIARISTA
sexta-feira, dia 18 de agosto, às 21h45

Marinete (Claudia Rodrigues) aproveita que sua nova patroa viajou e tira um dia de folga na praia. Entre um mergulho e outro, Nete acaba se afogando mas é salva pelo cantor Felipe Dylon. Na hora da respiração boca a boca, um paparazzo (Renato Caldas) registra a cena e as fotos saem estampadas nas capas das revistas como o assunto mais quente da semana: Felipe Dylon tem uma nova namorada.

Marinete fica sabendo da novidade na fila da padaria. Todos querem saber como é o namorado e, principalmente, como ela conseguiu fisgá-lo. No princípio, a diarista brinca com a situação, mas logo vê que se trata de coisa séria quando Solineuza (Dira Paes) e Ipanema (Helena Fernandes) se negam a falar com ela. Além disso, Nete teme perder seu verdadeiro namorado, Romildo (Adriano Petermann), por conta dessa confusão.

OS NORMAIS
sexta-feira, dia 18 de agosto, às 22h30

Para comemorar os sete anos de noivado, Vani convenceu Rui a namorar dentro do carro, na Joatinga (zona sul do Rio), em uma região isolada à beira de um penhasco sobre o mar. Mas os dois são interrompidos por Bernardo (Selton Mello), que precisa de ajuda com sua Maristela (Graziella Moretto), mulher com quem ele estava namorando em um carro próximo e ficou presa no freio de mão. Enquanto Vani faz companhia para Maristela no carro, Rui e Bernardo vão atrás de socorro em uma oficina mecânica com reboque. Como não podia deixar de ser, essa nova amizade traz situações inusitadas e muito engraçadas.

JUBA & LULA
sábado, dia 19 de agosto, às 16h15

Sucesso nos anos 1980, Juba (Kadu Moliterno) e Lula (André de Biasi) chegam ao VIVA, a partir de 19 de agosto. O programa que leva o nome dos protagonistas, “Juba & Lula” traz uma competição divertida com jogos, aventuras, além de reportagens e atrações musicais.

Com direção de Roberta Talma, “Juba & Lula” foi lançado na Globo em 1989 e tinha como tema central a ecologia e o meio ambiente. O computador Hawaii era uma atração à parte que dava informações sempre que a dupla solicitava. Ao longo da atração, são exibidos vídeos sobre a conscientização da preservação do meio-ambiente e entrevistas enaltecendo as práticas esportivas.

O cenário foi construído numa cidade cenográfica em Guaratiba, zona oeste do Rio de Janeiro, com um auditório, um labirinto com diversos obstáculos – onde aconteciam as competições – e uma pista de skate. Cada programa contava com a participação de cerca de 200 crianças e adolescentes.

ARMAÇÃO ILIMITADA
sábado, dia 19 de agosto, às 17h15

Logo após “Juba & Lula”, o canal volta a exibir a série “Armação Ilimitada”, que apresenta o triângulo amoroso entre Juba, Lula e Zelda Scott (Andréa Beltrão), numa história que mistura esportes, romance e aventura, numa linguagem jovem.

“Armação Ilimitada” foi exibida originalmente de 1985 a 1988 e logo se tornou um marco da televisão brasileira. Lançada numa época em que se lutava pela democracia e liberdade de expressão, a ideia da série surgiu dos próprios atores Kadu Moliterno e André de Biasi e teve direção de Guel Arraes.

Os personagens principais, Juba (Kadu Moliterno) e Lula (André de Biasi), são amigos de infância e sócios de uma empresa de prestação de serviços, a Armação Ilimitada. Juntos, eles parecem ser capazes de enfrentar qualquer situação, desde que envolva muita adrenalina e aventura. O enredo parecia perfeito para os garotões – muitas ondas e muitas mulheres – até que Zelda (Andréa Beltrão) entra em cena e mexe com a rotina dos dois. Alguns episódios depois, eles adotam Bacana (Jonas Torres), um garoto esperto que perdeu os pais, artistas de circo. Em pouco tempo, o menino revela ter o mesmo espírito aventureiro dos pais adotivos.

Juba e Lula são sócios na Armação Ilimitada e topam qualquer desafio. Eles moram juntos e são amigos desde infância, mas os dois acabam apaixonados pela mesma mulher: a jovem repórter Zelda Scott.

No primeiro episódio eles conhecem a jornalista durante um enduro em que participam. Nesse mesmo dia, o pequeno Bacana (Jonas Torres) aparece na vida dos dois aventureiros e eles passam a criar o menino.

Entre vôos de asa delta, ondas e corridas de motocicleta, Zelda se vê dividida entre Juba e Lula. É então que os dois resolvem participar de mais um enduro, e o vencedor da disputa ganhará, também, o coração da moça.

ESTAÇÃO GLOBO
domingo, dia 20 de agosto, às 11h30

O primeiro episódio do Estação Globo é um especial que mostra a aventura de Emília (Isabelle Drummond), a eterna boneca de pano criada por Monteiro Lobato, tentando entender o que acontece com os personagens das histórias infantis depois que elas são contadas e com o término dos programas. Com um controle remoto, ela percorre diversos cenários de produções destinadas aos pequenos como “A Turma do Didi”, “Plunct Plact Zuuum”, “Caça Talentos” e “TV Colosso. Entre os destaques da edição, o encontro da boneca com a primeira Emília do “Sítio do Picapau Amarelo” (1977), interpretada pela atriz Dirce Migliaccio.

Na parte musical, artistas apresentam suas versões para canções infantis emblemáticas. Zélia Duncan vira uma holografia cantando “Alegria da Vida”, da “Vila Sésamo” (1972). Enquanto isso, Felipe Dylon se transforma em uma marionete para apresentar “Cinto de Inutilidades”, música de abertura do programa “Globo Cor Especial” (1973). Jairzinho empolga o público com “Xixi nas Estrelas”, de Guilherme Arantes. Vinny também participa do programa cantando “Hey Shazan”, tema de “Shazan, Xerife & Cia”.

Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.