Header Ads



Canal VIVA - Destaques da programação de 21 a 27 de Agosto


Destaques da programação Canal Viva. (Imagem/Divulgação)
Confira os destaques da programação do Canal Viva de 21 a 27 de Agosto.

MR. BEAN
segunda-feira, dia 21 de agosto, às 21h

Mr. Bean vai à inauguração de um centro de educação para adultos e, ao chegar, tem dificuldades para estacionar. Ele encontra um carro igual ao seu parado em uma vaga especial. Esperto, ele empurra o automóvel e troca pelo dele. No centro, além de exposições de múltiplos segmentos, existem diversas opções de aulas práticas. O personagem de Rowan Atkinson, além de enlouquecer os expositores, entra em uma aula de pintura e se arrisca a tentar aprender a técnica, mas não gosta de receber críticas da professora. Bean também causa confusão durante um treino de judô, no vestiário dos atletas, e encerra o episódio com uma surpresa quando volta ao estacionamento.

SAI DE BAIXO
terça-feira, dia 22 de agosto, às 21h

No episódio desta semana, o elenco da série revive personagens marcantes de outros programas. Tudo começa quando Vavá (Luiz Gustavo) faz um curso de hipnose pela internet e usa a técnica com a família após Magda (Marisa Orth) levar um choque e começar a agir como Magda Palmeirão, numa paródia à dona do bordel da novela Porto dos Milagres.

Após a hipnose coletiva, Cassandra (Aracy Balabanian) vira D. Armênia, Sirene (Cláudia Rodrigues) incorpora Talia de Escolinha do Professor Raimundo, Caco Antibes (Miguel Falabella) vira Donato de As Noivas de Copacabana, Ataíde (Luis Carlos Tourinho) relembra Edilberto de Suave Veneno e até Vavá se transforma, ao som das castanholas, no costureiro Victor Valentim, de Ti-ti-ti.

A VIDA COMO ELA É
sexta-feira, dia 25 de agosto, às 23h

Adultério, morte, desejos reprimidos, ciúmes e amores passionais são os temas centrais dos contos de Nelson Rodrigues publicados no jornal Última Hora, de 1951 a 1956. A partir de 25 de agosto, 40 histórias baseadas nas obras do dramaturgo serão exibidas semanalmente no VIVA, em “A Vida Como Ela É”. A cada sexta, duas histórias serão contadas, na sequência. Dirigida por Daniel Filho e Denise Saraceni, a série foi ao ar na Globo em 1996, como um quadro do Fantástico.

Numa atmosfera anos 50 e com roteiros assinados por Euclydes Marinho, “A Vida Como Ela É” reúne um elenco fixo de peso como Tony Ramos, Maitê Proença, Claudia Abreu, Marcos Palmeira, Malu Mader, Guilherme Fontes, Giulia Gam, Antônio Calloni, Gabriela Duarte, Leon Góes e Deborah Bloch, além de participações especiais em alguns episódios. Com exceção do primeiro episódio, que tem narração de Hugo Carvana, as demais histórias são contadas pela voz de José Wilker.

No primeiro conto, “O Monstro”, Bezerra (Guilherme Fontes) alimenta uma paixão pela cunhada Sandra (Claudia Abreu), mas logo os dois são flagrados e ele é acusado de ter assediado a pobre moça indefesa. Sandra se esconde atrás de uma aura de santidade enquanto Bezerra é julgado pelo sogro, Dr. Guedes (Mauro Mendonça), e por sua esposa Ruth (Deborah Bloch), que sofre a dor da traição. O desenrolar da trama contém todas as artimanhas dos textos rodrigueanos e Bezerra acaba sendo “perdoado” pela família e cai, novamente, nos braços da irmã de sua mulher.

Na sequência, o VIVA exibe “Quem morre descansa”. Norberto (Tony Ramos) é casado, mas sua esposa está muito doente, agonizando à espera da morte. Julinha (Débora Bloch) é sua colega de trabalho, por quem ele se declara apaixonado. Mas para que fiquem juntos, Norberto precisa ficar viúvo. Acontece que Queiroz (Leon Góes) também deseja loucamente Julinha, que já não aguenta mais esperar por Norberto. Num rompante, ela decide se casar com Queiroz, no mesmo momento em que a esposa de Norberto morre. Diante do fato, Julinha diz a Queiroz que não poderá se casar com ele pois já é de outro. Humilhado, ele a mata com um punhal no peito.

ARMAÇÃO ILIMITADA
sábado, dia 26 de agosto, às 17h15

No episódio Vida de Tiete, Juba e Lula são contratados como dublê para o clipe do grande astro do rock, o Ray Telvis (Miguel Falabella). Durante as gravações, conhecem a super tiete do cantor, a mineira Tetê (Monica Torres), que vive correndo atrás de Telvis e acaba sendo atropelada pela dupla da Armação Ilimitada. Tetê é cuidada por Juba e passa uns dias com eles, o que desperta os ciúmes de Zelda, que não suporta ver seus meninos encantados pela moça.

O grande desafio do clipe é a fuga em helicóptero, pendurado por uma corda. O problema é que Lula carrega um trauma por ter perdido um amigo dessa forma, enquanto pilotava a aeronave. Mas Juba encara a missão e diz que vai contratar outra pessoa para pilotar. Sentindo que Juba está em apuros, Zelda avisa a Lula, que faz uma surpresa ao amigo e assume a direção do helicóptero. Tudo termina bem e os três, na companhia de Bacana, comemoram na praia, no maior clima de romance.

CHACRINHA, O ETERNO GUERREIRO
sábado, dia 26 de agosto, às 19h

Ó Terezinha, Ó, Terezinha. Está de volta o ‘Cassino do Chacrinha’ em uma viagem ao universo do Velho Guerreiro que promete emocionar o público e celebrar o centenário de um dos maiores comunicadores do Brasil. Com direito a buzina, abacaxi, jurados e grandes atrações musicais, o especial ‘Chacrinha, O Eterno Guerreiro’, uma parceria entre a Globo e o VIVA, reverencia Abelardo Barbosa, que continua com tudo e não está prosa. Misturando elementos antigos com a tecnologia atual, o especial faz alusão ao programa de auditório que marcou gerações e ainda hoje é referência na memória afetiva de milhares de brasileiros. Liderado pelo ator Stepan Nercessian na pele de Chacrinha, o programa ganhou uma roupagem contemporânea e foi gravado nos Estúdios Globo, em maio deste ano.

Com direção artística de Rafael Dragaud e direção-geral de Daniela Gleiser, o especial celebra a atmosfera do inesquecível ‘Cassino do Chacrinha’, que foi ao ar na Globo entre os anos de 1982 e 1988. A exibição está prevista para 26 de agosto, no VIVA, e em 6 de setembro, na Globo. “É um Chacrinha de todos os tempos, que atravessa gerações e resgata a memória afetiva do público”, define Rafael Dragaud. “A ideia foi fazer uma reverência ao artista, com um cenário inspirado no programa da década de 80, mas modernizado. Temos convidados que fizeram a história do programa, mas também grandes nomes da música atual, que certamente passariam pela atração se fosse exibida hoje”, explica Daniela Gleiser.

GLOBO DE OURO
domingo, dia 27 de agosto, às 11h30

Domingo é dia de assistir aos maiores sucessos musicais dos anos 1980 com o Globo de Ouro. O programa já começa com o grupo RPM cantando “Quatro Coiotes”. Logo depois, Isabela Garcia e César Filho anunciam a grande voz do momento, Rosana, com “Custe o que custar”. Falando em sonhos, que não acabam nunca e continuam sempre acesos, César Filho apresenta Jane Duboc com o hit “Sonhos”. Kid Abelha se apresenta no palco com “No Meio da Rua”, mas a grande atração é Cazuza, que retorna depois de um período doente, com a música que abalou a época e é sucesso até hoje, “Ideologia”. O Globo de Ouro ainda traz Patrícia, Silvinho, Lulu Santos e Fagner.

Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.