Header Ads

NAT GEO WILD - Destaques da programação de 14 a 20 de Agosto


Destaques da programação NAT GEO WILD. (Imagem/Divulgação)
Confira os destaques da programação do canal NAT GEO WILD de 14 a 20 de Agosto.

SEGUNDA-FEIRA- 14 DE AGOSTO

20h30: Especial Mês de Invasão de Tubarões (When Sharks Attack Compilations) – Quando os Tubarões Atacam – Terror Havaiano: De 2012 até 2013, o ponto turístico de Maui, no Havaí, é abalado por um número sem precedentes de 16 ataques de tubarão em menos de dois anos, cerca de 3 vezes mais do que a média. Com a morte de um turista alemão marcando a primeira fatalidade relacionada com tubarões em quase uma década, o pânico do público atinge seu ápice. Alguns até temem que o recente aumento nos ataques só piore, prejudicando a frágil economia baseada no turismo. Tudo, desde desastres da Naturezaza até os feitos pelo homem, são considerados possíveis explicações, mas provas sólidas continuam iludindo os invetigadores. Enquanto os ataques crescem e as evidências se acumulam, logo fica claro que a causa para esse aumento pode estar escondido da vista de todos, o tempo todo. Classificação Indicativa: 12 anos.

TERÇA-FEIRA- 15 DE AGOSTO

20h30: Especial Mês de Invasão de Tubarões

Quando os Tubarões Atacam – Em Águas Rasas: Turistas lotam as praias da Carolina do Norte e da Virgínia por suas águas calmas e seguras e por seu rude cenário selvagem. Mas sob a ainda serena costa do Atlântico, um perigo obscuro está à espreita. Houve dois picos de ataques de tubarão com uma década de separação. Eles vêm do nada, e então desaparecem tão rapidamente quanto eles vieram - deixando um massacre sangrento em seu rastro. Cassidy Cartwright, de 10 anos, mal escapou com vida em 2011, quando um tubarão rasgou seu pé enquanto ela estava com a água na altura dos joelhos. Foi o começo de um verão de ataques - 7 em 3 meses. Mas ainda assim ela teve sorte. Uma década antes um jovem garoto - apesar dos grandes esforços de quem o resgatou de tirar sua perna da boca do tubarão - foi ferido fatalmente. 2 dias depois - um casal celebrando seu noivado, teve um destino parecido - o homem morreu por perda de sangue e sua noiva foi deixada sem um pé - traumatizada para sempre por seus ferimentos e sua perda. Será que eles voltarão? Por que essas águas aparentemente calmas de repente se transformam em frenesis sangrentos de tubarões? Classificação Indicativa: 12 anos.

QUARTA-FEIRA- 16 DE AGOSTO

20h30: Especial Mês de Invasão de Tubarões

Quando os Tubarões Atacam – Matadores do Golfo: Com mais de 49 espécies de tubarões nadando para cima e para baixo no Golfo do México, não é incomum os moradores e turistas avistarem um nadando nas redondezas. Mais frenquentemente do que o contrário, eles ficam longe dos humanos. Mas em 2005 tudo isso mudou. Quando uma menina de 14 anos é morta por um tubarão nas águas geralmente seguras de South Walton, na Flórida, a comunidade fica em choque, é a primeira fatalidade já registrada do município. Então, dois anos depois, a apenas 128 quilometros da costa, outro adolescente é atacado por um tubarão e perde sua perna. Mas esses não são incidentes isolados. Apenas em 2005 o número de ataques ao longo da costa do Golfo mais do que quadruplicou. Com este número sem precedentes de incidentes, as pessoas se perguntam o que tem causado mais ataques de tubarões, alguma coisa mudou nas uma vez calma águas do Golfo e se sim, o que é? Classificação Indicativa: 12 anos.

QUINTA-FEIRA- 17 DE AGOSTO

20h30: Especial Mês de Invasão de Tubarões

Quando os Tubarões Atacam – Atacado em Cabo Cod: As praias virgens e o litoral dramático de Cape Cod fizeram do local um grande destino turístico nacional. Por séculos, tubarões nasceram para nadar nestas águas saudáveis, mas, apesar disso, vê-los era algo raro e não havia notícia de ataques. Mas em 2012 tudo isso mudou. O viajante Chris Myers e seu filho adolescente JJ estavam praticando bodysurf em uma praia movimentada em Truro quando o desastre aconteceu. Abaixo deles, na água, um tubarão fincou seus dentes nas duas pernas de Myers. As notícias do ataque correram pela comunidade e as pessoas temiam que isso afetasse o turismo, que é sua fonte de renda. Mas os problemas estavam apenas começando. Não houve nenhum ataque de tubarão lá em quase 80 anos, mas entre 2012 e 2015 quatro pessoas foram vítimas de terríveis encontros com tubarões. Os especialistas em tubarões Dr. Greg Skomal e Dr. Dan Huber examinam as fascinantes circunstâncias que criaram este pesadelo. Classificação Indicativa: 12 anos.

SEXTA-FEIRA – 18 DE AGOSTO

20h30: Especial Mês de Invasão de Tubarões

Quando os Tubarões Atacam – Ilha de Pesadelos: As Bahamas se estendem por cerca de 26.000 quilômetros quadrados do Oceano Atlântico e atraem cerca de 6 milhões de turistas americanos para suas praias todos os anos. Apesar da abundância de tubarões, ataques eram incomuns. Mas em 2002 os encontros triplicaram e 36 pessoas ficaram feridas ou morreram. Em 2015, sem saber do perigo nas águas, o viajante Britt Martin e sua esposa Lacy foram mergulhar, para admirar a vida marinha. Lacy estava ocupada filmando sua aventura subaquática quando sentiu uma mordida selvagem começar a devorá-la por trás. Por que os tubarões começaram a caçar humanos de repente nesta região? Os especialistas em tubarões Dr. Sam Gruber e George Burgess examinam as perturbadoras circunstâncias que transformaram este paraíso em inferno. Classificação Indicativa: 12 anos.

SÁBADO – 19 DE AGOSTO

21h: Destino Selvagem (Earth Touch Wild Package 2016) – ESTREIA!

Paraíso Americano: No coração do centro-oeste americano estão as paisagens verdejantes que parecem terem sido abertas por imponentes pináculos e morros rochosos. É um lugar onde os verões de calor escaldante são seguidos por invernos gelados, e é onde estão alguns dos animais mais carismáticos do país - o cão-da-pradaria-de-rabo-preto, a coruja-buraqueira e o bisão-americano - lutam para sobreviver.

22h30: Cidade dos Cães – INÉDITO!

EP. 09 – A gata Vitória sofre ferimentos graves depois de um provável ataque de cães e é socorrida às pressas. Já Pirata, uma pit bull mestiça, é abandonada em praça pública e precisa da ajuda de uma dupla de protetores para escapar de um destino cruel. Enquanto isso, o poodle Theo passa por um exame derradeiro para descobrir a gravidade de seus problemas de saúde e o que o futuro reserva a ele. Classificação Indicativa: 10 anos.

DOMINGO – 20 DE AGOSTO

20h15: Especial Tubarões

O Enxame de Tubarões: Parece um pesadelo: mais de doze mil tubarões-de-galha-preta bem perto da costa, oitocentos famintos tubarões-cinzentos em um remoto destino turístico e um grupo de solitários tubarões-mako reunidos pela sobrevivência no fim do mundo. Este programa mostrará algumas das maiores e mais misteriosas aglomerações de tubarões do mundo. Classificação Indicativa: 12 anos.

21h: O Terror do Tubarão Tigre: Todo mergulhador já foi avisado: os tubarões se alimentam à noite. Seria isso simplesmente um mito ou a verdade está à espreita debaixo das ondas? Eli Martinez, profissional do mergulho com tubarões, e o cientista Matthew Smukall mergulham no mundo noturno da Tiger Beach para investigar se o comportamento dos tubarões muda quando o sol se põe. Depois de observar diferentes características que fazem dos tubarões-tigre excelentes predadores, eles tentam equipar os poderosos animais com um avançado sistema de câmeras, uma tarefa difícil e perigosa que requer que os tubarões estejam em um estado quase hipnótico de imobilidade tônica. Eles esperam que as câmeras registrem imagens inéditas sobre as atividades noturnas do tubarão-tigre, finalmente colocando ao fim os mistérios e equívocos que costumam cercar estes animais. Classificação Indicativa: 12 anos.

21h45: Predadores de Tubarão: Casos raros e notáveis de predação de tubarões feita por uma variedade de espécies, capturadas por ousados fotógrafos e espectadores nos trazem uma nova visão sobre a forma como a primazia de um predador pode ser contestada. Analisaremos estas imagens com a ajuda de especialistas na área, lançando luz sobre como e por que estes eventos ocorrem. Seja com garras, tentáculos ou dentes, os animais estão caçando tubarões em todo o mundo. Classificação Indicativa: 14 anos.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.