Header Ads

Canais Discovery realizam ações especiais no mês do Outubro Rosa


Durante todo o mês de outubro, o Discovery Home & Health adere à campanha do Outubro Rosa, com exibição de vinheta que incentiva as telespectadoras a realizarem o autoexame, colaborando com as ações de conscientização sobre o câncer de mama.

No dia 19 de outubro, além do Discovery Home & Health, os canais Discovery, TLC, Animal Planet, Investigação Discovery e Discovery Turbo vão adotar logotipo especialmente desenvolvido para a ação.

Na quinta-feira, 19 de outubro, às 23h10, estreia ANTES DE PARTIR (Before I Kick The Bucket), documentário sobre a história da jovem britânica Rowena Kincaid, diagnosticada com câncer de mama aos 33 anos e responsável por uma intensa mobilização que é registrada no filme.  Durante todo o dia 19, os canais Discovery, TLC, Investigação Discovery, Discovery Turbo e Animal Planet também terão novos logotipos, criados para a campanha do Outubro Rosa.
Outubro Rosa nos canais da Discovery Networks Brasil. (Imagem/Divulgação)

Em 2009, quando tinha 33 anos, Rowena Kincaid descobriu o câncer de mama. Depois de meses de tratamento e da remissão, ela conseguiu retomar a rotina. Em 2013 veio um novo diagnóstico de câncer, dessa vez uma forma agressiva da doença e em estágio avançado. ANTES DE PARTIR acompanha Rowena nos oito meses que precedem o seu aniversário – os médicos previram de três a seis meses de vida, mas ela estava determinada a comemorar a chegada aos 40 anos e a aproveitar o precioso tempo que lhe restava.

“Depois do diagnóstico da fase terminal, um amigo me perguntou se eu tinha uma lista de desejos a cumprir e isso me fez pensar”, disse Rowena. Ela então passou a atentar-se para os últimos desejos – os próprios e de outros jovens com doenças terminais que ela convocou pelas redes sociais, em uma intensa mobilização. Assim, Rowena convenceu a BBC, empresa onde trabalhou como editora de imagens e apresentadora dos boletins sobre o tempo, a produzir com ela um documentário sobre algumas dessas histórias.

Correr nua em uma rua movimentada– e ser presa por isso –, comprar um carro esportivo – financiado em três anos –, escolher os detalhes do próprio funeral, e casar-se com um desconhecido estão entre os desejos que Rowena realizou. Após fazer tudo isso, ela quis compartilhar suas dúvidas e as complexas reflexões de outros jovens que, assim como ela, são pessoas cheias de planos e energias que estão cientes de que o corpo perecerá em breve.

Em uma hora de duração, o especial traz os relatos sensíveis de Rowena sobre o próprio quadro, sobre aqueles que estão em uma situação parecida à dela e, principalmente, sobre a vida. Nas conversas com os outros participantes, aparecem o medo, a ansiedade e as dúvidas sobre o que fazer no pouco tempo que lhes resta.

Rowena não tenta amenizar a própria realidade com otimismo excessivo, tampouco cede a reflexões lúgubres o tempo todo. Ela deixou claro que câncer não a define, mesmo em um momento em a doença trazia dores constantes e dias especialmente difíceis. Ciente de que os tratamentos eram paliativos, ela estabeleceu o objetivo superar os seis meses que os médicos lhe deram, chegando ao aniversário de 40 anos, data a ser comemorada com uma festa de arromba que é documentada no especial.

Apreciar as coisas simples, acordar cedo para ver um eclipse solar, estar consciente dos pequenos prazeres e não rejeitar as oportunidades; fazer ensaio de fotos sensuais, discutir com uma psicóloga a ansiedade de aproveitar seus últimos dias, decidir entre cremação ou enterro – entre momentos difíceis do tratamento, pequenas vitórias e novas alegrias, Rowena se mostra uma jovem lidando com a morte. Ela faleceu em setembro de 2016, sete anos depois do primeiro diagnóstico.

Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.