Header Ads

TV Cultura estreia a série de animação brasileira "Oswaldo" neste domingo


Nova série de animação brasileira "Oswaldo". (Imagem/Divulgação)
Nesse domingo dia 29 de outubro, estreia na TV Cultura a animação "Oswaldo" ás 14h30, série original da produtora brasileira Birdo Studio. Com um humor leve e com muitas referências à cultura pop dos anos 1980 e 1990, "Oswaldo" conta a história de um pinguim de 12 anos criado como humano. Ele vê a vida através da sua imaginação bem fértil e isso acaba transformando as situações mais simples em grandes jornadas épicas. 

Série animada original da Birdo Studio, "Oswaldo" mostra o dia a dia de um garoto de 12 anos que, junto com os amigos, enfrenta o desafio de sobreviver à escola. Esse cenário seria bem normal, se Oswaldo não fosse um pinguim. Sim, um pinguim que usa óculos e está no 6º ano do colégio. Com humor ágil e recheada de piadas da cultura pop, a série acompanha o personagem título e a sua imensa habilidade de transformar as mais simples situações da vida em jornadas épicas. As esquisitices do Oswaldo são parte do cotidiano da sua família e amigos que entendem que são as nossas excentricidades que tornam cada um de nós especial. Com indicação etária de 9 a 12 anos, a primeira temporada é composta de 13 episódios de 11 minutos e vai estrear em outubro na TV Cultura e no Cartoon Network Brasil.

Uma criança meio estranha

Oswaldo foi encontrado na praia quando era um filhotinho adorável e cresceu numa família humana curtindo vídeogames, pizza, RPG e piadas da internet. Seus pais -- uma mãe médica um tanto controladora e um pai atlético e tranquilão com um trabalho difícil de entender -- não dão muita bola para as maluquices do filho, criado como uma criança qualquer.  "Todo mundo já se sentiu meio pinguim na vida, especialmente na época da escola. O Oswaldo se sente meio deslocado mas nem percebe que é diferente dos outros porque vive num mundo só dele em que tudo que a imaginação cria pode ser realidade", comenta Pedro Eboli, criador da série. 

Seu jeito desastrado e superempolgado o aproximou de Leia e Tobias, duas crianças tão peculiares quanto o próprio Oswaldo. Leia adora RPG, miniaturas e jogos de tabuleiro e essa animação toda a deixa com altas expectativas, principalmente em relação às suas notas. O fato de ser a filha da diretora também não facilita as coisas. Um tanto avoado, Tobias pode ser meio sem noção e sua agitação triplica qualquer loucura inventada por Oswaldo. "O fato dos três aceitarem com tranquilidade as peculiaridades dos outros é o que cria uma afinidade imediata entre eles. A amizade é tão forte e verdadeira que os três só precisam deles mesmos para se acharem os mais descolados do mundo", explica Luciana Eguti, sócia da Birdo Studio. "Essa dinâmica entre se sentir deslocado e encontrar uma turma que te acolhe é uma experiência comum a muitas crianças e acreditamos que será a grande identificação do Oswaldo com o seu público", complementa Paulo Muppet, também sócio da Birdo. 

Como tudo começou 

A motivação da série veio da infância de Pedro Eboli, que se sentia meio pinguim no Rio de Janeiro dos anos 1980 e 1990. A atmosfera do Rio se tornou a locação para situações que muitas crianças (de qualquer idade) já passaram, como lidar com professores rígidos, tirar um desconhecido no amigo secreto, lidar com micos públicos, desafiar um campeão invicto do colégio, entre outras desventuras. "Oswaldo é um projeto com um DNA bem brasileiro mas com metáforas universais da infância. Usamos elementos característicos de 20 anos atrás -- como a locadora de games e o jogo de bafo -- que são quase relíquias hoje, mas as crianças ainda entendem e curtem", explica Antônio Linhares, diretor da série em conjunto com Pedro Eboli. 

A animação mobilizou uma equipe de 54 profissionais, entre animadores, designers e produtores da Birdo, além de roteiristas convidados. A direção das vozes originais ficou a cargo de Melissa Garcia, da Ultrassom Music Ideas, reconhecida pelo trabalho nas animações Irmão do Jorel e Sítio do Picapau Amarelo. Além de dirigir, Melissa dá voz à Leia. Oswaldo é protagonizado pelo ator Joel Vieira e Vini Wolf dá vida a Tobias. A trilha sonora e mixagem foram desenvolvidas pela Submarino Fantástico, responsável pelas séries infantis dos canais Discovery Kids, Nickelodeon e Gloob. 

Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.