Header Ads

Canal Brasil - Filmes em destaques de 20 a 26 de novembro


Filmes em Destaques do Canal Brasil. (Imagem/Divulgação)
Conheça os filmes em destaques na programação do Canal Brasil de 20 a 26 de novembro.

SEGUNDA-FEIRA, 20 DE NOVEMBRO

GANGA ZUMBA (1964) (102’)
Horário: Segunda-feira, dia 20, às 7h
Classificação: Livre
Direção: Cacá Diegues

Sinopse: O primeiro longa-metragem de Cacá Diegues narra a história de Ganga Zumba (Antonio Pitanga), líder de uma revolução de escravos de um engenho de cana-de-açúcar em fuga para o Quilombo dos Palmares.

“É TUDO VERDADE”: MARGINAL (2016) (74’)
- Apresentação: Amir Labaki
- Horário: Segunda, dia 20, às 22h
- Classificação: 14 anos
Inédito e exclusivo
Direção: Alex Miranda

Sinopse: A direção conversa com diversos personagens que fazem parte da vida das marginais da cidade de São Paulo. Há espaço para os vendedores de apetrechos para telefones celulares, bombeiros atentos aos resgates diários de acidentes, artistas urbanos responsáveis por intervenções de grafite e atletas cujos esportes são praticados na região, como as pedaladas dos ciclistas pelas faixas exclusivas e as remadas dos praticantes de stand up paddle. Atletas de outras gerações resgatam a memória do espaço antes da construção das vias expressas. O documentário registra ainda depoimentos de especialistas em planejamento urbano, com severas críticas ao abandono do poder público no cuidado dos rios.

TERÇA-FEIRA, 21 DE NOVEMBRO

CORPO ELÉTRICO (2017) (95’)
- Horário: Terça, dia 21, às 22h
- Classificação: 16 anos
- Direção: Marcelo Caetano

Sinopse: Elias (Kelner Macêdo) tem 23 anos e, mesmo com todas as adversidades e preconceitos sofridos por um nordestino e homossexual em uma cidade grande como São Paulo, leva a vida de forma leve. O rapaz trabalha desenhando manequins em uma fábrica de confecção de roupas na capital paulista, mantém pouco contato com a família na Paraíba e basicamente todas as noites tem encontros fugazes com homens, dormindo sempre em uma cama diferente a cada madrugada. Cada novo companheiro lhe abre uma série de perspectivas e ele as vive intensamente. Dia após dia, a câmera acompanha o cotidiano do protagonista em seus acontecimentos mais mundanos como ir à fábrica, sair para tomar uma cerveja pós-expediente e depois curtir episódios libidinosos sem qualquer compromisso, repetindo essa rotina no dia seguinte.

QUARTA-FEIRA, 22 DE NOVEMBRO

BOI NEON (2015) (101’)
- Horário: Quarta, dia 122, às 22h
- Classificação: 16 anos
- Direção: Gabriel Mascaro 

Sinopse: Nos bastidores das Vaquejadas, Iremar prepara os bois antes de soltá-los na arena. Levando a vida na estrada, o caminhão que transporta os bois para o evento é também a casa improvisada de Iremar (Juliano Cazarré) e seus colegas de trabalho: Zé (Carlos Pessoa),  seu parceiro de curral, e Galega (Maeve Jinkings) - dançarina, motorista do caminhão e mãe da audaciosa Cacá (Aline Santana) Juntos, eles formam uma família improvisada e unida.

O cotidiano é intenso e visceral, mas algo inspira novas ambições em Iremar: a recente industrialização e o polo de confecção de roupas na região do semi-árido nordestino. Deitado em sua rede na traseira do caminhão, sua cabeça divaga em sonhos de lantejoulas, tecidos requintados e croquis. O vaqueiro esboça novos desejos.

QUINTA-FEIRA, 23 DE NOVEMBRO
NINA (2004) (101’)
- Horário: Quinta, dia 23, às 22h 
- Classificação: 16 anos
- Direção: Heitor Dhalia

Sinopse: Nina (Guta Stresser) é uma jovem de sensibilidade agudíssima e mente fragilizada, que procura meios de sobrevivência numa metrópole desumana. A proprietária do apartamento onde mora, Dona Eulália (Myriam Muniz), uma velha mesquinha e exploradora, parece ter prazer em esmagar a vontade da sua inquilina exaurida. Em meio aos desenhos que faz em toda a parte e vivendo a agitada cena eletrônica de São Paulo, Nina mergulha nos fantasmas de seu inconsciente até acabar envolvida em um crime.

SEXTA-FEIRA, 24 DE NOVEMBRO

“CINEMÃO”: MUITA CALMA NESSA HORA (2009) (92’)
- Horário: Sexta, dia 24, às 22h
- Classificação: 14 anos
- Direção: Felipe Joffily

Sinopse: Com mais de um milhão de espectadores nos cinemas brasileiros, a comédia – segundo longa-metragem dirigido por Felipe Joffily – foi indicada ao prêmio de melhor roteiro original no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2011. No elenco, Andreia Horta, Gianne Albertoni, Fernanda Souza, Débora Lamm, Marcelo Adnet, Bruno Mazzeo, Nelson Freitas e Leandro Hassum, entre outros.

Tita (Andréia Horta) foi traída pelo noivo (Bruno Mazzeo). Mari (Gianne Albertoni) sofreu assédio sexual de seu chefe (Lúcio Mauro) e Aninha (Fernanda Souza) é pressionada pelos pais para tomar as rédeas da sua vida. Para dar um tempo na nuvem nebulosa estacionada em cima de suas cabeças, elas decidem viajar para Búzios, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. No meio do caminho, conhecem Estrella (Débora Lamm), uma hippie que lhes pede carona para o balneário fluminense. Ao chegar na cidade, se deparam com uma série de situações absurdas, cômicas e emocionantes. Conhecem Buba (Luis Miranda), uma travesti que vende drinks na praia; um tatuador (Sérgio Mallandro) que grava o nome errado de Aninha em suas costas; e Tita tem uma noite de amor desastrosa com Augusto Henrique (Marcelo Adnet). O que deveria ser uma mudança de ares, torna-se uma verdadeira transformação para as protagonistas.

SÁBADO, 25 DE NOVEMBRO

BELLINI E O DEMÔNIO (2010) (87’)
- Horário: Sábado, dia 25, às 22h
- Direção: ‎ Marcelo Silva Galvão
- Classificação: 18 anos

Sinopse: Após receber o controle do escritório de investigações da parceira Dora Lobo, Bellini (Fábio Assunção) é procurado por um cliente que está atrás de um livro perdido. Atolado em dívidas e sem outros clientes, assume o caso. Logo no começo das investigações percebe que o desaparecimento do livro está ligado a mortes violentas. A jornalista Gala (Rosanne Mulholland), antigo caso amoroso de Bellini está investigando a morte de uma adolescente brutalmente assassinada no colégio. Os dois irão se encontrar novamente, juntando as peças de um quebra cabeças macabro. Na busca por respostas, Bellini começa a ser influenciado por um poder obscuro, passando a ter visões assustadoras. Obstinado para desvendar o mistério, mergulha em um labirinto de rituais e seitas satânicas, sem perceber que a morte está cada vez mais perto. Sua única chance é encontrar o livro antes que seja tarde demais.

DOMINGO, 26 DE NOVEMBRO

“CONE SUL”: MELHOR NÃO FALAR (DE CERTAS COISAS) (2012) (104’)
- Horário: Domingo, dia 26, às 22h
- Classificação: 16 anos
Inédito e exclusivo
- Direção: Javier Andrade

Sinopse: Paco Chavez (Francisco Savinovich) é o protagonista e o narrador dessa história repleta de elementos para construir um final feliz, mas cheia de questões e crises. O rapaz é o filho mais velho de uma família de prestígio em Portoviejo e, apesar de todas as portas abertas pelo dinheiro, nunca alcançou real sucesso. Ele amarga um emprego decadente em um banco público, vive um caso de amor com sua paixão colegial, Lucia (Leovanna Orlandini), ignorando o fato dela ser casada com outro homem, e sua principal conexão com o irmão, Luis (Victor Arauz), tem como elo a cocaína. A droga, aliás, é a responsável pela primeira tragédia do roteiro. Os jovens voltam para casa após uma festa com o objetivo de roubar uma porcelana do pai em troca de entorpecentes. O patriarca, no entanto, percebe o furto e, após uma briga, sofre um infarto fulminante.

O filme disseca diversos dilemas do início da vida adulta e da convivência em família a partir do ponto de vista do protagonista. Paco sofre ao ver o irmão cada vez mais viciado em drogas e investindo em uma carreira de pouca chance de sucesso tocando guitarra e cantando em uma banda de punk rock. A distância entre os entes, já grande quando viviam na mesma casa, é exponencialmente elevada quando a mãe e a irmã se mudam para Miami (Estados Unidos) em busca de um recomeço. Sozinho, sem perspectivas amorosas e profissionais, o personagem é o espelho de um cotidiano de isolamento e sem grandes objetivos, tentando postergar a chegada da maturidade. Ao acreditar ser melhor não falar sobre alguns assuntos, o rapaz vai levando seu dia a dia jogando os problemas para debaixo do tapete, sem nunca os solucionar.

Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.