Home Top Ad

Canal Brasil - Filmes em destaque na programação de 21 a 27 de maio

Share:

Filmes em destaque. (Imagem: Divulgação)
Conheça os filmes em destaque na programação do Canal Brasil de 21 a 27 de maio.

É Tudo Verdade: Garimpeiros do Voto (2018) (73’)
Horário: SEGUNDA, DIA 21, ÀS 22H
INÉDITO E EXCLUSIVO
Apresentação: Amir Labaki
Direção: Ernesto Rodrigues
Classificação: Livre

Sinopse: Os bastidores das eleições municipais do Rio de Janeiro em 2016 sob a perspectiva dos marqueteiros que elaboraram as campanhas dos candidatos à prefeitura da cidade. Escândalos como o mensalão e as investigações da Operação Lava Jato mudaram os moldes da propaganda política brasileira assim como a recente reforma eleitoral. Os impactos e consequências desses acontecimentos são analisados pelos principais especialistas da ciência política do país.

A produção apresenta ainda depoimentos dos estrategistas digitais dos candidatos Marcelo Freixo e Marcelo Crivella, que alcançaram o segundo turno do pleito. Os entrevistados comentam as táticas de cada político para transformar reações e comentários em redes sociais em votos nas urnas. Diretores dos principais institutos de pesquisas dissertam sobre as diferenças entre a votação de 2016 e as anteriores e jornalistas e especialistas em marketing digital discutem como os debates e as passeatas eram analisados pelo ponto de vista virtual.

Seleção Brasileira – Mãe Só Há Uma (2016) (90’)
Horário: TERÇA, DIA 22, ÀS 22H
Direção: Anna Muylaert
Classificação: 16 anos

Sinopse: O caso de Pedro Rosalino Braule Pinto chocou o país na década de 1980. Pedrinho, como ficou conhecido pela grande mídia, foi raptado ainda na maternidade, em Goiânia, e passou 16 anos considerando como mãe sua própria sequestradora – a mulher também tomou à força uma menina, a quem ele chamou de irmã por mais de uma década. A cineasta Anna Muylaert inspirou-se livremente no caso para dissertar sobre as agruras da adolescência, período notoriamente confuso da vida, adicionando o drama de um menino que tem seu cotidiano virado de cabeça para baixo depois de descobrir ter sido separado de sua família ainda em seus primeiros suspiros. No elenco, Naomi Nero, Dani Nefussi, Matheus Nachtergaele e Luciana Paes.

Pierre (Naomi Nero) é um adolescente de 16 anos de perfil nada convencional e desobediente às convenções tradicionais de gênero. Com um visual andrógino, ele toca em uma banda de rock, se veste com roupas femininas, pintas as unhas, usa maquiagem no rosto e demonstra interesse por ambos os sexos, mas é acompanhado por meninas na maioria das vezes. Ele mora com a mãe, Aracy (Dani Nefussi), e a irmã, Jacqueline (Laís Dias), em um apartamento pequeno e sem muito conforto. A vida não lhe traz grandes emoções, e ele demonstra o típico comportamento rebelde de um jovem aparentemente perdido. Seu cotidiano é radicalmente alterado quando um oficial de justiça bate à porta de sua casa alegando que sua mãe, na verdade, o raptou da maternidade ainda bebê, e seus pais biológicos o procuram desde então.

Sonhos Roubados (2010) (90’)
Horário: QUARTA, DIA 23, ÀS 22H
Direção: Sandra Werneck
Classificação: 14 anos

Sinopse: Jéssica (Nanda Costa), Daiane (Amanda Diniz) e Sabrina (Kika Farias) são adolescentes e moram em uma comunidade carioca. Elas eventualmente se prostituem, no intuito de conseguir dinheiro para satisfazer seus sonhos de consumo. Entretanto, mesmo com os problemas do dia a dia, elas tentam se divertir e sonhar com um mundo melhor.

Sonhos e Desejos (2006) (93’)
Horário: QUINTA, DIA 24, ÀS 22H
Direção: Marcelo Santiago
Classificação: 14 anos

Sinopse: Anos 70. Uma jovem estudante (Mel Lisboa), um professor de literatura (Felipe Camargo) e um guerrilheiro ferido que está sempre com o rosto coberto (Sérgio Marone) são três militantes, que estão confinados em um apartamento em Belo Horizonte. Lá eles confrontam suas opções afetivas e políticas, que envolvem lealdade, traição e desejo.

O Auto da Compadecida (2000) (104’)
Horário: SEXTA, DIA 25, ÀS 22H
Direção: Guel Arraes
Classificação: Livre

Sinopse: Matheus Nachtergaele, Selton Mello, Fernanda Montenegro, Marco Nanini, Lima Duarte, Diogo Vilela, Denise Fraga, Paulo Goulart, Rogério Cardoso, Luiz Melo, dentre outros, no filme de estreia de Guel Arraes, baseado na peça homônima do dramaturgo pernambucano Ariano Suassuna. O longa-metragem levou aos cinemas mais de dois milhões de pessoas, tornando-se um dos maiores sucessos de bilheteria do cinema brasileiro na década de seu lançamento.

A história é centrada na dupla João Grilo (Matheus Nachtergaele) e Chicó (Selton Mello), dois nordestinos sem eira nem beira que se valem da esperteza de Grilo para sobreviver na dura vida no sertão. A dupla provoca muitas confusões, enganando ricos e poderosos. Como pano de fundo, uma severa crítica às relações díspares entre as camadas sociais, marca registrada das peças de Suassuna.

Tatuagem (2013) (110’)
Horário: SÁBADO, DIA 26, ÀS 22H
Direção: Hilton Lacerda
Classificação: 16 anos

Sinopse: Recife, 1978. Clécio Wanderley (Irandhir Santos) é o líder da trupe teatral Chão de Estrelas, que realiza shows repletos de deboche e com cenas de nudez. A principal estrela da equipe é Paulete (Rodrigo Garcia), com quem Clécio mantém um relacionamento. Um dia, Paulete recebe a visita de seu cunhado, o jovem Fininha (Jesuíta Barbosa), que é militar. Encantado com o universo criado pelo Chão de Estrelas, ele logo é seduzido por Clécio. Não demora muito para que eles engatem um tórrido relacionamento, que o coloca em uma situação dúbia: ao mesmo tempo em que convive cada vez mais com os integrantes da trupe, ele precisa lidar com a repressão existente no meio militar em plena ditadura.

La Memoria de Mi Padre (2017) (87’)
Horário: DOMINGO, DIA 27, ÀS 22H
Direção: Rodrigo Bacigalupe Lazo
Classificação: 12 anos

Sinopse: Alfonso (Jaime McManus) é um roteirista de televisão alheio ao cotidiano de sua família. Sua relação com o filho é distante e resumida a alguns breves telefonemas sem qualquer aproximação afetiva. O vínculo com o pai, Jesus (Tomás Vidiella), segue o mesmo padrão, principalmente após a morte da mãe, Ester (María Izquierdo). A distância entre os entes parece não lhe incomodar. Sua rotina sofre um baque após a decisão da irmã, Claudia (Tamara Tello), até então cuidadora do patriarca às noites – uma enfermeira o acompanha durante os dias –, de viajar à Europa por um mês a trabalho. Mesmo relutante, ele não encontra outra opção e se vê obrigado a assumir o papel de zelar pelo idoso. O convívio ao seu lado – e principalmente com a doença – lhe tira o sono e ele tem dificuldade em entender os efeitos da patologia. O Alzheimer faz com que Jesus não entenda o falecimento de Ester e acredite que a esposa está em um hospital esperando.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.