Home Top Ad

Canal Brasil - Filmes em destaque na programação de 25 de junho a 01 de julho

Share:

Destaques da programação do Canal Brasil. (Imagem: Divulgação)
Conheça os filmes em destaque na programação do Canal Brasil de 25 de junho a 01 de julho.

Como Você Me Vê (2018) (73’)
Horário: SEGUNDA, DIA 25, ÀS 22H
INÉDITO E EXCLUSIVO
Apresentação: Amir Labaki
Direção: Felipe Bond
Classificação: 12 anos

Sinopse: O filme discute diversas questões referentes ao universo dos atores conversando com consagrados intérpretes dos palcos e das telas. Os convidados revelam como se descobriram artistas, a recepção muitas vezes nada amistosa por parte de familiares incapazes de entender suas verdadeiras vocações e os percalços para conseguir os primeiros papeis da carreira em testes exaustivos. Veteranos como Zé Celso Martinez Corrêa, Amir Haddad, Cássia Kis, Stênio Garcia, Osmar Prado e Julio Adrião – este último responsável por abrir a obra contando a história da interpretação desde a Grécia antiga até os dias atuais e por finalizá-la com o texto de A Descoberta das Américas, peça pela qual conquistou o Prêmio Shell em 2005 – lembram o início de suas trajetórias e falam sobre o pouco reconhecimento – e até preconceito – com a marginalidade da profissão.

Febre do Rato (2012) (110’)
Horário: TERÇA, DIA 26, ÀS 22H
Direção: Claudio Assis
Classificação: 18 anos

Sinopse: Febre do Rato é o nome do pequeno jornal produzido artesanalmente por Zizo (Irandhir Santos), um poeta marginal morador de uma região pobre do Recife. Dedicado e com grande apreço pelo seu trabalho, ele publica seus escritos com orgulho e declama seus versos em mesas de bar e largos com grande louvor, chamando a atenção de quem está ao redor realizando verdadeiras performances em praça pública. As ideias do protagonista são tão anárquicas quanto seu modo de encarar a vida. Ele preza por uma grande liberdade na rotina e sexual, fugindo de rótulos e valorizando o livre arbítrio de todos. Seu cotidiano sem amarras começa a ruir, no entanto, quando ele conhece Eneida (Nanda Costa), por quem rapidamente se interessa apesar das constantes negativas da moça.

Corpo Elétrico (2017) (95’)
Horário: QUARTA, DIA 27, ÀS 22H
Direção: Marcelo Caetano
Classificação: 16 anos

Sinopse: Elias (Kelner Macêdo) tem 23 anos e, mesmo com todas as adversidades e preconceitos sofridos por um nordestino homossexual em uma cidade grande como São Paulo, leva a vida de forma leve. Ele trabalha desenhando manequins em uma confecção de roupas na capital paulista, mantém pouco contato com a família na Paraíba e basicamente todas as noites tem encontros fugazes com homens, dormindo sempre em uma cama diferente a cada madrugada. O fim do ano traz reflexões sobre possibilidades de futuro, reconexões com o passado e muitas horas extras, que acabam por aproximá-lo dos colegas da fábrica e consequentemente inseri-lo em novos círculos de amizade e cenários.

Elvis & Madona (2011) (105’)
Horário: QUINTA, DIA 28, ÀS 22H
Direção: Marcelo Laffitte
Classificação: 14 anos

Sinopse: A trama acompanha a trajetória da motociclista Elvis (Simone Spoladore), cujo sonho é ser fotógrafa, mas a necessidade de sustento a faz aceitar o emprego como entregadora numa pizzaria. Logo no primeiro dia de trabalho, ela conhece o travesti Madona (Igor Cotrim), cabeleireiro que tem como projeto de vida montar um show com o glamour do teatro de revista. O encontro acontece quando Elvis faz uma entrega no apartamento de Madona e a vê machucada, após levar uma surra. O transformista teve todo seu dinheiro levado pelo amante João Tripé (Sérgio Bezerra), marginal envolvido com traficantes dos morros da cidade. Enquanto pensa numa estratégia de resgate da quantia roubada, Madona passa a contar com a ajuda de Elvis. Nasce, então, uma bonita amizade, que evolui para um divertido romance.

Flores Raras (2013) (118’)
Horário: SEXTA, DIA 29, ÀS 22H
Direção: Bruno Barreto
Classificação: 14 anos

Sinopse: 1951, Nova York. Elizabeth Bishop (Miranda Otto) é uma poetisa insegura e tímida, que apenas se sente à vontade ao narrar seus versos para o amigo Robert Lowell (Treat Williams). Em busca de algo que a motive, ela resolve partir para o Rio de Janeiro e passar uns dias na casa de uma colega de faculdade, Mary (Tracy Middendorf), que vive com a arquiteta brasileira Lota de Macedo Soares (Glória Pires). A princípio Elizabeth e Lota não se dão bem, mas logo se apaixonam uma pela outra. É o início de um romance acompanhado bem de perto por Mary, já que ela aceita a proposta de Lota para que adotem uma filha.

Madame Satã (2002)
Horário: SÁBADO, DIA 30, ÀS 22H
Direção: Karim Aïnouz
Classificação: 16 anos

Sinopse: A cinebiografia de um personagem contraditório e fascinante: João Francisco dos Santos (1900-1976), figura célebre da Lapa, no Rio de Janeiro dos anos 1930. O filme se passa em um momento essencial de sua vida, quando realiza o sonho de se tornar artista de cabaré e comete o primeiro crime. Passado entre a prisão e o Rio boêmio, o longa nos transporta para o cotidiano de João Francisco (Lázaro Ramos), apresentando seu círculo de amigos e sua intimidade na pensão em que vive, de onde comanda seu mundo após deixar o cárcere. João passa a viver com Laurita (Marcélia Cartaxo), prostituta e sua “esposa”; Tabu (Flávio Bauraqui), seu cúmplice; Renatinho (Felippe Marques), seu amante e também traidor; e ainda Amador (Emiliano Queiroz), dono do bar Danúbio Azul. É neste ambiente que João Francisco irá se transformar no mito Madame Satã.

A Criada (2009) (96’)
Horário: DOMINGO, DIA 01, ÀS 22H
Classificação: 12 anos

Sinopse: Raquel (Catalina Saavedra) é uma mulher introvertida, mal-humorada e de hábitos, no mínimo, estranhos. Sua única razão de viver é garantir o pleno funcionamento do lar de Pilar (Claudia Celedón) e Mundo (Alejandro Goic), uma família de classe alta de Santiago, e a empregada doméstica leva essa missão com uma seriedade incomum, fazendo do trabalho seu universo particular. Ela acorda antes de todos os moradores, leva café na cama dos patrões, veste as crianças e as prepara para a escola e demonstra carinho pelos companheiros de forma bruta. Mesmo com tantas particularidades, seus empregadores têm grande carinho por ela. A paz no convívio diário da residência é ameaçada quando Pilar, em uma tentativa de diminuir a carga de trabalho da criada, decide contratar mais uma funcionária para ajudá-la.




Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.