Home Top Ad

Ativismo contra a “gordofobia” é pauta do Caminhos da Reportagem de quinta na TV Brasil

Share:

(Imagem/Divulgação TV Brasil)
O Caminhos da Reportagem que TV Brasil exibe às 21h45 de quinta (20) mostra como a obesidade ainda é motivo de preconceito entre jovens e como se dá o trabalho de ativistas no combate à chamada “gordofobia”.

Com o diploma de nutricionista na mão, Fátima Pastori saiu em busca de uma vaga de trabalho em restaurantes ou de clientes para o consultório que havia acabado de alugar. Foi há 13 anos, quando era 20 kg mais leve – hoje, pesa 90 kg.  Depois de um ano de tentativas e negativas, ela desistiu de um sonho de criança. “Eu ouvia das pessoas que eu não ‘usava’ em mim o que havia aprendido na faculdade”, diz em referência à forma física que não estava dentro de um padrão estético, mesmo 20 kg mais magra que hoje.

O Caminhos da Reportagem mostra como jovens assumidamente gordos usam as redes sociais para denunciar o preconceito e apoiar aqueles que lutam para recuperar autoestima e autoconfiança. Fátima, a nutricionista que não conseguiu exercer a profissão, segue canais do YouTube e Instagram que estimulam pessoas gordas a lutarem por seu espaço e terem orgulho de si. “Hoje, eu teria mais força para enfrentar a gordofobia do passado”, afirma.

Entre as pessoas gordas que atuam como influenciadores digitais estão a blogueira Vanessa Campos, a rapper Preta Rara, a fotógrafa Milena Paulina – que só aponta a lente para modelos gordas sem artifícios –, o casal Caio Cal e Bernardo Boechat, gordos e ativistas.





Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.