Home Top Ad

"Cinejornal" deste sábado tem entrevista com Chay Suede

Share:

FOTO: Divulgação Canal Brasil
O entrevistado do “Cinejornal” deste sábado, dia 16/02, é Chay Suede, ou melhor, Roobertchay Domingues da Rocha Filho. No programa, que vai ao ar às 21h, o ator conversou com Simone Zuccolotto sobre sua participação no filme “Minha Fama de Mau”, cinebiografia de Erasmo Carlos, em que ele vive o próprio cantor. Chay falou ainda de outras quatro produções com previsão de estreia para os próximos meses: “Quatro por Quatro”, “Vagalume”, “Domingo” e “O Eremita” – filme dirigido por ele e com roteiro assinado por seu pai, Roobertchay Domingues da Rocha.

Sobre essa experiência, o ator conta: “O filme não fala sobre assuntos indígenas, ele tem um plano de fundo indígena, de aldeia e tudo, mas não é um filme sobre índios. Metade da nossa equipe era indígena, então a gente rodou esse filme cercado por muito amor deles, mas também cercados por uma floresta incrível, mágica, que deu pra gente o cenário, contribuiu para o roteiro e contribuiu com planos incríveis também”. 

E quando seu processo de criação e de preparação para viver Erasmo Carlos, Chay explica: “O Erasmo que a gente conhece é um Erasmo dos anos 80 para cá. E a gente [no filme] retrata um pedaço da vida dele curto, de 10 anos, entre 59 e 69, e nesse período a gente tem pouquíssimo registro de como ele se comportava, como era a gestualidade dele. Mesmo as imagens da Jovem Guarda que eu achei que estariam preservada, não estão. A gente realmente não partiu para uma imitação, nem eu, nem o Gabriel [Leone], nem a Malu [Rodrigues]. A gente foi muito em função de se contagiar daquele universo que os cercava no final dos anos 50 – da Bossa Nova, da juventude ganhando cara e voz, através desses movimentos musicais, e de toda a influência do rock americano, que conduzia a maneira deles andarem, falarem, se comportarem, fumarem um cigarro”.

O “Cinejornal” também esteve na pré-estreia de “Minha Fama de Mau”, que entrou esta semana no circuito comercial. No rio de Janeiro, a repórter Bernadete Duarte entrevistou os atores Chay Suede, Gabriel Leone, Bianca Comparato e Malu Rodrigues, o diretor Lui Farias e o produtor Marco Altberg, além do próprio Erasmo Carlos.

Ainda no programa de sábado, esteve no set de filmagem de “Predestinado”, longa sobre a vida do primeiro médium a receber o espírito do médico alemão, Doutor Fritz.  O filme traz no elenco Juliana Paes, Marcos Caruso e Danton Melo, no papel do protagonista Zé Arigó. A repórter Daniela Vargas entrevistou parte do elenco, o diretor Gustavo Fernandez e o produtor Roberto D’Ávila.