Home Top Ad

Rapper Filipe Ret comenta sua obra no Segue o Som deste sábado na TV Brasil

Share:

Divulgação TV Brasil
Com o recém-lançado álbum "Audaz" (2018), o rapper Filipe Ret fecha a trilogia iniciada com "Vivaz" (2012) e "Revel" (2015). Convidado da TV Brasil para a edição deste sábado (16), do programa Segue o Som, às 15h, o artista aborda as particularidades do hip hop produzido no país.
 
O músico carioca revela para o apresentador Maurício Pacheco a dinâmica do estilo que ganha cada vez mais espaço no Brasil. A entrevista repleta de música contemporânea ainda abre espaço para um papo com o DJ Mãolee.
 
Considerado um fenômeno nas redes sociais, Filipe está entre os rappers do Rio de maior destaque no cenário nacional. Ret era apenas uma marca a mais nos muros da cidade até que o então pichador ficou conhecido nas rinhas de MCs da Lapa.
 
Com versos afiados como "Meu raciocínio é veloz, o instinto é compulsivo / Me alieno pra manter meu ódio adormecido", essa cria do Catete foi conquistando seu território, misturando a linguagem das ruas com uma pegada meio filosófica e chamando a atenção de nomes que o inspiraram, como o mestre Marechal.
 
Além de entoar alguns raps, Filipe compartilho a conversa com o DJ Mãolee. No papo com Maurício Pacheco, o parceiro musical aborda questões como a necessidade de um perfil empreendedor aliado ao fazer artístico. Eles destacam ainda a criatividade necessária para se criar bons samples e a missão da música de comunicar ideias ao mesmo tempo em que entretém.