Home Top Ad

Teatro, cinema, música e distúrbios alimentares pautam Sem Censura nesta quinta na TV Brasil

Share:

Divulgação TV Brasil
O programa Sem Censura recebe o jovem cineasta Daniel Belmonte, a atriz Luisa Thiré, o cantor Thiago Amud e o psiquiatra Bruno Palazzo Nazar para um papo com a apresentadora Vera Barroso nesta quinta (9), ao vivo, às 17h, na TV Brasil.

Jovem diretor de cinema, aos 25 anos de idade Daniel Belmonte lança esta semana nos cinemas o longa-metragem de comédia "B.O.", uma produção de baixo orçamento que acompanha as aventuras de dois cineastas para realizar um filme de baixo orçamento.

A atriz Luisa Thiré homenageia a avó, Tonia Carrero, uma das grandes damas da dramaturgia nacional, na peça "Navalha na Carne" de Plínio Marcos. A artista está em cartaz com o espetáculo no Rio de Janeiro. Luisa interpreta a prostituta Neusa Sueli, papel que ganhou vida na encenação de Tônia Carrero. Ela atuou como essa personagem há 50 anos na montagem original de 1969

No momento musical do Sem Censura, o programa conta com a participação do cantor e compositor Thiago Amud que apresenta o seu novo trabalho. O artista fala sobre o disco "O cinema que o sol não apaga" e canta algumas faixas do álbum.

Já o psiquiatra Bruno Palazzo Nazar, professor docente da UFRJ e coordenador do ambulatório de transtornos alimentares e obesidade, explica o que é a ortorexia, distúrbio alimentar definido como a obsessão por comer de maneira saudável. O especialista afirma que as consequências desse transtorno têm produzido resultados desastrosos para a saúde física e mental de cada vez mais gente.

Apresentado por Vera Barroso com Bruno Barros e Carol Rocha, o Sem Censura tem uma seleção de colunistas. A cada edição, um desses especialistas traz contribuições sobre diversas áreas do saber para o debate vespertino.

No ar há 34 anos, desde 1985, o programa tem uma hora de duração na telinha e extensão de quinze minutos no Facebook. O tradicional bate-papo apresenta número de convidados variado de acordo com as pautas do dia. Os assuntos em discussão trazem uma perspectiva mais jornalística com temas atuais.

A interação com o público é garantida através da hashtag #semcensura no Twitter, Instagram e Facebook. O programa foi um dos primeiros da televisão brasileira a abrir espaço para a participação dos telespectadores ainda nos anos 1980. A atração também é transmitida por streaming pelo Facebook.