Home Top Ad

Dia do Refugiado: histórias para se emocionar no streaming do Telecine

Share:

Divulgação Telecine
Trajetórias de coragem, sonhos e muita emoção são o principal elemento dos filmes que a plataforma de streaming do Telecine destaca neste 20 de junho, Dia do Refugiado. São histórias que traduzem  a busca de quem quer garantir um futuro diferente.

Vale conferir a luta de uma família improvisada, em "Dheepan: O Refúgio". Indicado à Palma de Ouro, no Festival de Cannes, o longa narra o momento em que um homem, uma mulher e uma menina desconhecidos fogem dos conflitos no Sri Lanka para tentar a sorte no continente europeu. Lá, vivem como familiares e encontram desafios com o idioma e a violência, ainda presente no cotidiano deles. "Uma Vida Melhor" é justamente a tentativa de Carlos, imigrante ilegal vivendo na Califórnia. Ele sustenta os filhos como jardineiro e, quando sua nova caminhonete é roubada, se vê em uma corrida capaz de custar todas as suas conquistas. Em "O Outro Lado da Esperança", o cenário é Helsinki, na Finlândia. Indicada ao Urso de Ouro, a trama narra as dificuldades de Khaled, um refugiado sírio morador das ruas da capital, onde acaba tendo uma nova chance ao receber uma proposta de trabalho.

No gênero documentário, a dica é assistir "Château-Paris". O ambiente é Château-D'Eau, um bairro parisiense que abriga muitas culturas e é a residência de Charles. Funcionário de um salão de beleza, ele fica enrascado quando aceita o pedido do chefe para espionar sua namorada. Já São Paulo, uma das cidades mais cosmopolitas do mundo, é palco de como "Era o Hotel Cambridge", o refúgio de um grupo de sem-teto bem no coração da cidade. Eles vivem às voltas com o medo do despejo e dramas pessoais que ganham retoques em meios às lutas de cada um.

DHEEPAN: O REFÚGIO
(Deepan)

Para fugir da guerra do Sri Lanka, um homem, uma mulher e uma menina que não se conhecem fingem que são uma família e embarcam rumo a uma vida nova na Europa. Lá, eles lutam para dominar o idioma e conviver como familiares e, com o tempo, veem que a violência não ficou completamente para trás. Indicado a Palma de Ouro no Festival de Cannes.

Diretor: Jacques Audiard
Elenco: Jesuthasan Antonytha, Kalieaswari Srinivas, Claudine Vinasithamby
FR, 2015. Drama. 112 min.

UMA VIDA MELHOR
(A Better Life)

Carlos é um imigrante ilegal na Califórnia e um pai solteiro que, trabalhando como jardineiro, tenta dar uma vida melhor para seu filho. Quando sua nova caminhonete é roubada, ele e seu filho vão atrás do ladrão e, na tentativa de recuperar o carro a qualquer custo, podem colocar tudo a perder.

Direção: Chris Weitz
Elenco: Demián Bichir, Eddie "Piolin" Sotelo, Joaquín Cosio
EUA, 2011. Drama. 95 min.

O OUTRO LADO DA ESPERANÇA
(Toivon Tuolla Puolen)

Khaled é um refugiado sírio que acaba de chegar em Helsinki, na Finlândia. Vivendo nas ruas, ele conhece Waldemar Wikström, um jogador de poker que largou a esposa e acaba de abrir um restaurante. Admirado com a história de Khaled, Waldemar lhe dá um emprego, e juntos, iniciam um novo ciclo. Nomeado ao Urso de Ouro.

Direção: Aki Kaurismaki
Elenco:  Sherwan Haji, Sakari Kuosmanen, Kati Outinen, Maria Järvenhelmi
DE, FI, 2017. Drama. 100 min.

CHATEAU-PARIS
(La Vie De Château)

Château d'Eau é um bairro em Paris que abriga muitas culturas, mas sobretudo imigrantes africanos. Lá, vive o charmoso Charles, que trabalha atraindo clientes para um salão de beleza da vizinhança. Contudo, uma série de conflitos é desencadeada quando ele ajuda seu patrão a espionar a namorada.

Direção: Cédric Ido, Modi Barry
Elenco: Jacky Ido, Tatiana Rojo, Jean-Baptiste Anoumon
FR, 2017. Documentário. 82 min.

ERA O HOTEL CAMBRIDGE

Um grupo de sem-teto ocupa o prédio onde funcionava o Hotel Cambridge no centro de São Paulo. Entre eles, refugiados recém-chegados ao Brasil. Os moradores precisam lidar com o medo do despejo, seus dramas pessoais e conflitos diários com as pessoas que dividem o ambiente.

Direção: Eliane Caffé
Elenco: Carmen Silva, Suely Franco, José Dumont, Isam Ahmad Issa, Thaíssa Carvalho. BRA, ES, FR, 2016. Nacional. 93 min.