Home Top Ad

Viralizando revela bastidores dos estúdios de Galinha Pintadinha e da Turma da Mônica

Share:

Divulgação TV Brasil
Na semana de lançamento do filme "Turma da Mônica: Laços", o programa Viralizando investiga o universo dos desenhos animados e a migração desses conteúdos para a internet. A produção apresentada por Alan Ribeiro visita os estúdios de criação do fenômeno Galinha Pintadinha e também da Turma da Mônica. A atração vai ao ar neste domingo (30), às 19h30, na TV Brasil.

A ideia é mostrar os bastidores de canais que produzem conteúdo exclusivo para crianças. A atração resgata o imaginário coletivo de jovens e adultos ao percorrer o mundo mágico criado por Maurício de Sousa e a sua equipe que dá vida à turminha mais amada dos quadrinhos.

Com diversas entrevistas, o Viralizando recorda a presença da televisão com destaque no lar das famílias e o espaço dado à programação infantil por muitas emissoras. Atualmente, a garotada consome conteúdo audiovisual em massa através do Youtube.

O estúdio da Turma da Mônica, espaço criado em São Paulo pela Mauricio de Sousa Produções, abriga a equipe de criação e também funciona como museu, além de promover visitas guiadas para o público.

Marcos Saraiva, gerente de produto na empresa, fala sobre a entrada recente do universo da turminha no Youtube e a criação de conteúdo especialmente para a plataforma. Entre outras curiosidades, ele explica como surgiu o projeto Monica Toy. "A gente sabe que a criançada adora o conteúdo por ser Turma da Mônica. É para a família inteira".

O gestor destaca as diferenças desse projeto. "A gente também pensa no conteúdo para o jovem adulto. É o público que leu revistas e tirinhas no passado e se relaciona com a marca e o personagem de uma forma diferente. É uma estética com linguagem e ritmo mais acelerado que as animações clássicas da Turma da Mônica"

O programa também entrevista Juliano Prado e Marcos Luporini, criadores da Galinha Pintadinha. Eles contam a história por trás do sucesso da personagem, que hoje movimenta milhões em vendas de DVDs e produtos licenciados.

Segundo a dupla tudo começou com um vídeo esquecido no Youtube que fora colocado lá sem a intenção de apresenta-lo ao público, e que, inesperadamente, repercutiu entre as crianças que o assistiram na plataforma.

Durante o programa, eles mencionam a expectativa baixa que tinham com a produção musical e explicam a dinâmica do modelo de negócio. Os convidados recordam como era o processo de produção do conteúdo, disponibilização e retorno financeiro. Também dizem como o avanço da tecnologia influenciou nas novas práticas de criação audiovisual e de comércio também.

Linguagem da internet, humor e elementos da cultura pop

Apresentado pelo youtuber Alan Ribeiro, o Viralizando busca ampliar o diálogo com o público jovem, dinamizar a grade da emissora pública e trazer para a televisão o potencial de comunicação, negócios e humor da internet.

Com estrutura flexível, o fio condutor de cada episódio é uma entrevista em estúdio, mas diferentes quadros formam o programa trazendo um pouco da linguagem e do que é produzido na internet para a telinha.

Os quadros da atração ampliam a discussão dos temas levantados no estúdio para outros interlocutores. A ideia é trazer conteúdos quentes das redes, agregar doses de humor nas edições e brincar com elementos da cultura pop e nerd. Se o conteúdo do Viralizando é sério e altamente relevante, a forma é bem-humorada, leve e dinâmica, como quase tudo o que se produz para a web.