Home Top Ad

Série da TV Brasil conta história de conjunto de fortes de Niterói

Share:

Divulgação TV Brasil
O quarto episódio inédito da série Fortes do Brasil, que vai ao ar nesta quinta-feira (31) às 22h, na TV Brasil, conta a história do complexo formado pelo Forte Barão do Rio Branco, Forte de São Luiz e Forte do Pico, em Niterói, no Rio de Janeiro.

O mais antigo deles é o Forte do Barão do Rio Branco, e sua origem está no Forte da Praia de Fora, fortificação que tem suas raízes no Brasil Colônia. Não há registros precisos sobre a época de construção do Forte da Praia de Fora, no entanto tudo indica que ocorreu simultaneamente ao estabelecimento da Bateria de Nossa Senhora da Guia, em 1567, na Ponta de Santa Cruz. Essa fortificação foi palco da derrota da esquadra holandesa e da expedição francesa de Duclerc, em 1710.

Já os alicerces do Forte do Pico remontam ao ano de 1567, com a implantação de um posto de vigilância no Morro do Pico, como elemento avançado de defesa e observação, subordinado à então Bateria de N. S. da Guia. A ideia da construção de uma fortaleza no alto do morro data de 1770, de acordo com o "plano para proteger a cidade com linha de defesa contínua".

O Forte foi autônomo até 1811, quando foi incorporado à Fortaleza de Santa Cruz. Mesmo reativado em virtude da Questão Christie, em 1863, permaneceu sob aquele comando. A chegada às ruínas do Forte de São Luiz é extasiante e o impacto se dá diante dos portões.

Em 1891, os Fortes Pico e de São Luiz foram unidos, formando um único conjunto arquitetônico, e, depois, incorporados ao Forte Barão do Rio Branco, em 1938. Hoje, o Forte estão sob a jurisdição do 21º Grupo de Artilharia de Campanha.