Home Top Ad

Investigação Discovery estreia a minissérie "O Mistério das Oito Mulheres"

Share:

Divulgação ID
Investigação Discovery estreia série no Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher

Na segunda-feira, 25 de novembro, Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher, o Investigação Discovery documenta a busca por justiça empreendida pelas famílias das vítimas de um criminoso desconhecido, responsável pelo assassinato brutal de oito mulheres.
A minissérie O MISTÉRIO DAS OITO MULHERES (Death in The Bayou – The Jennings 8) é dividida em quatro documentários com duração de uma hora cada, apresentados semanalmente, sempre às segundas, às 23h. A produção utiliza entrevistas exclusivas concedidas por pessoas unidas pela mesma tragédia: entre 2005 e 2009, suas filhas, irmãs e amigas foram assassinadas, ao que tudo indica, por um assassino em série.
Cada episódio traz a história das vítimas, reconstruída a partir dessas entrevistas com os familiares e pessoas próximas a elas, além de jornalistas que trabalharam na cobertura dos casos e oficiais envolvidos nas investigações.
Entre os anos de 2005 e 2009, os corpos de oito jovens foram encontrados nos arredores da pequena cidade de Jennings, Louisiana – uma comunidade pacata que mudaria para sempre depois que a primeira das vítimas foi encontrada: era maio de 2005 quando o corpo inerte de Loretta Lewis foi abandonado em um córrego.
Embora a polícia tenha traçado o perfil do assassino e chegado à conclusão de que as oito mulheres foram mortas por uma mesma pessoa – um criminoso que utilizara métodos similares e meticulosos e que provavelmente conhecia bem a cidade –, o culpado permaneceu por dez anos à solta, até que as famílias das vítimas resolveram partir em busca da verdade.
Cansados ​​de esperar pela justiça, Brittany Jones e Taylor Dubois, sobrinha e irmã de uma das vítimas, Whitnei Dubois, iniciaram uma missão na busca por respostas em meio às profundas cicatrizes deixadas pelos crimes. A comunidade inteira passou a viver sob a desconfiança de que um assassino estava entre os cidadãos de Jennings e a troca de acusações passou a fazer parte da rotina.
À medida que as histórias de Whitnei e das outras vítimas se desenrolam, amigos e familiares contam como eram suas vidas antes da tragédia e revelam as circunstâncias suspeitas em torno de suas mortes. Assim, as fontes dos documentários revelam um mundo de segredos que culmina na prisão de um homem que, até então, estava acima de qualquer suspeita.
No episódio de estreia, a produção faz um perfil de Jennings – através da fachada de comunidade cristã e tranquila, com índice de homicídios irrelevantes, há o crescente tráfico de drogas e a sombra do desemprego. Brittany Jones e Taylor Dubois contam como descobriram sobre o desaparecimento de Whitnei, mãe de uma menina de quatro anos à época, ano de 2008. Três anos antes, o corpo de Loretta Lewis havia sido encontrado por um pescador, em um canal, após três dias de desaparecimento da vítima. Quando corpo de Ernestine Patterson é encontrado em circunstâncias similares às de Loretta, apenas um mês depois, ainda em 2005, a polícia inicia a busca por um assassino em série.