Home Top Ad

Discovery Home & Health estreia a nova série "Dra. Emma: Uma Questão de Pele"

Share:

Divulgação H&H
Os casos que chegam à clínica da dermatologista Dra. Emma Craythorne são severos; doenças e condições que trazem constrangimento a pacientes que chegam ao consultório com a autoestima abalada e em busca de ajuda.
A partir de domingo, 12 de janeiro, às 23h10, o Discovery Home & Health terá acesso a esses atendimentos com a estreia da série DRA. EMMA: UMA QUESTÃO DE PELE (The Bad Skin Clinic). Em episódios de uma hora, a temporada acompanha os tratamentos conduzidos pela médica que fundou e comanda a Harley Street Clinic, localizada em Londres.
A Dra. Emma tem como especialidade o tratamento de condições de pele desafiadoras e que exigem procedimentos dermatológicos complexos.  Com a ajuda de uma equipe de profissionais igualmente qualificados, ela assume casos incomuns que já passaram por diversos outros médicos sem solução. Queloides, cistos, condições genéticas, dermatites, acne crônica, lipomas: não há paciente que saia da clínica sem o alento do diagnóstico e da perspectiva de cura.
Em cada episódio, quatro pacientes terão suas histórias e tratamentos acompanhados pelas lentes da série. Da consulta inicial aos procedimentos cirúrgicos, a produção mostra em detalhes as diversas etapas de atendimentos que representam uma verdadeira mudança de vida para o paciente que quer, finalmente, sentir-se bem em sua própria pele.
Divulgação H&H
Maior órgão do corpo humano, a pele é superfície de contato com o mundo – isso quer dizer que todas as interações são, de certa forma, mediadas por ela. Isso explica o impacto gigantesco de anomalias e doenças dermatológicas sobre as relações sociais e amorosas dos pacientes.
No episódio de estreia, a série acompanha quatro pessoas que estão com a autoestima muito abalada: Louise tem 28 anos e há tempos não vê amigos, não trabalha, nem sai da casa dos pais devido às complicações eczema severo que espalhou lesões por todo o seu rosto. A coceira é extrema e a descamação causa dor e incômodo constantes. Ela não quer continuar refém das pomadas com esteroides e está disposta a passar pela piora para se ver livre delas.
Andrew está sempre com bonés e capuzes para esconder o nódulo que cresceu em sua cabeça. Na primeira avaliação, Dra. Emma descobre que são vários pequenos caroços que ela identifica como queloides.  Já Scott chega ao consultório na esperança de obter ajuda “física e emocional”. Ele tem as costas cobertas por cistos, cravos e acne, uma condição que começou quando ele tinha 20 anos e só piorou com os passar dos anos.
Aos 38 anos, Tracy usa roupas folgadas para esconder a protuberância que cresceu na parte posterior da sua coxa. Dra. Emma diagnostica o nódulo como um lipoma e vai retira-lo com um procedimento cirúrgico simples.