Home Top Ad

EBC no Ar resgata encontro de Ziraldo e Maurício de Sousa na TV Brasil

Share:

Divulgação TV Brasil
Para celebrar o Dia do Quadrinho Nacional, comemorado nesta quinta, dia 30 de janeiro, o programa EBC no Ar faz, às 18h30, um #tbt para resgatar o encontro do cartunista Ziraldo com o desenhista Maurício de Sousa em uma produção para a criançada na TV Brasil.

O quadro "Baú da EBC" recorda a entrevista preservada no acervo da emissora pública com essa homenagem às oito décadas do autor da Turma da Mônica. O papo foi exibido há quatro anos no programa ABZ do Ziraldo, na própria TV Brasil.

Apresentado pelas jornalistas Karina Cardoso e Priscila Rangel, o EBC no Ar revela os bastidores e as produções dos veículos públicos da Empresa Brasil de Comunicação como a TV Brasil, as Rádios MEC e Nacional e a Agência Brasil.

O "Baú da EBC" é um espaço para efemérides que são lembradas com material de arquivo das emissoras públicas de rádio e televisão da empresa. Sob o comando de Linei Lopes, esse espaço utiliza conteúdo histórico conservado no acervo.

Ziraldo recebeu o amigo Maurício de Sousa na última edição da quinta temporada do programa ABZ do Ziraldo. A entrevista, gravada em seu ateliê no Rio de Janeiro, foi ao ar na telinha em 27 de dezembro de 2015, e marcou o término desse programa infantil da TV Brasil.

Considerados os principais autores de histórias em quadrinho no país, eles criaram inúmeros personagens que encantam gerações há décadas. Com o Menino Maluquinho e a Turma da Mônica, a dupla é responsável por estimular que os jovens tomem gosto pela leitura desde a primeira infância.

Criação de personagens marcantes da Turminha

Para contar um pouco da trajetória de Maurício de Sousa, o episódio especial do programa ABZ do Ziraldo foi todo dedicado à vida e à obra do "pai da Turma da Mônica" que em 2015 comemorou oito décadas. Agora, ele alcança a marca dos 85 anos de idade.

"A minha carreira de desenhista começou quando eu peguei meu primeiro lápis e minha primeira folha de papel que meus pais deram para eu rabiscar. Cresci em um mundo e em uma família de artistas e contadores de histórias", recorda.

Ilustrador e empresário de renome internacional, Maurício de Sousa começou a desenhar cedo: seus primeiros personagens foram Bidu e Franjinha. Em 1959, publicou tirinhas com os personagens. No ano seguinte, lançou a sua primeira revista do cãozinho azul.

Natural de Santa Isabel, em São Paulo, o desenhista passou parte de sua infância em Mogi das Cruzes. Aos 19 anos mudou-se para a capital onde trabalhou, durante cinco anos, no jornal Folha da Manhã. Maurício de Sousa escrevia reportagens policiais e ilustrava as matérias com desenhos. Em 2013, o autor festejou os 50 anos da Turma da Mônica.

Na conversa com Ziraldo, o também veterano dos desenhos conta que seus principais personagens são inspirados na vida real, em membros da própria família e se tornam temas dos quadrinhos.

"Acho que nós inventamos um 'moto-contínuo'. Esse negócio não para nunca. Todo dia a gente pode criar alguma coisa. Mandar uma mensagem para o público e para a gente", comenta Maurício sobre as centenas de personagens que ele e Ziraldo desenvolveram na carreira.

Se por um lado Maurício fez a Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali, Chico Bento e tantos outros; Ziraldo é o responsável pelo Menino Maluquinho e seus amigos, além da Turma do Pererê e obras da literatura infantil como "Flicts" e "O Bichinho da Maçã".

Nova produções de Maurício de Sousa

Hoje, entre quadrinhos e tiras de jornais, as criações de Maurício de Sousa chegam a cerca de 50 países. Em sua carreira, Maurício de Sousa já ultrapassou a marca de 1 bilhão de revistas publicadas. Os quadrinhos se juntam a filmes, livros ilustrados, revistas de atividades, álbum de figurinhas, CD-ROMs, livros tridimensionais e livros em braile.

"Cada vez que você escreve, você recebe também aprende. Vamos somando experiências. Acho que tudo isso nos ajuda a viver, sonhar e desejar continuar fazendo a mesma coisa enquanto der", sintetiza o autor.

Criativo, Maurício de Sousa lançou em 2008 a publicação da "Turma da Mônica Jovem" em que seus personagens aparecem com 15 anos de idade. Nas histórias tradicionais, as crianças tem cerca de oito ano.

Só em 2008, a nova obra do desenhista vendeu mais de um milhão e meio de exemplares apenas nos quatro primeiros números da revista. O escritor relaciona os temas abordados nas histórias da turminha crescida e debate com Ziraldo o crescimento na leitura dos HQs.

Encontro de personagens: Mônica participa de historinha do Menino Maluquinho

No quadro do Menino Maluquinho, interpretado pelo ator Lucas Oliver, o personagem principal da obra de Ziraldo presta homenagem à protagonista das histórias criadas por Maurício de Sousa.

O Menino Maluquinho lembra da Mônica na aventura "A Coelhada" quando Julieta acerta o garoto com um gato de pelúcia azul. A pancada foi tão forte que amassou a panela que ele carrega na cabeça. "Ainda bem que eu não estou nas histórias da Mônica. Hoje eu vi como o Cebolinha sofre", brinca o Menino Maluquinho.